Fotos de onças mortas com suposto índio de MT incita o ódio na internet

POR 24 HORAS NEWS

Uma denúncia sobre a morte de duas onças pintadas virou alvo de críticas em uma página do Facebook. Conforme relatou o homem que postou as fotografias, trata-se de um indígena Manoki, do município de Brasnorte (580 km de Cuiabá), que teria supostamente matado esses animais, em extinção.

A postagem gerou revolta de mais de cinco mil pessoas que compartilharam a imagem com os animais mortos e mais de 150 comentários, alguns, para o lado da incitação ao ódio. Vejam alguns comentários logo abaixo.

Houve o questionamento se o caso já havia sido denunciado aos órgãos de proteção ambientais, se índios seriam livres para realizar matanças dessa espécie.

Postagem 


“Repassando - Índios Myky de Brasnorte. Se fosse esta foto com o "homem branco" fazendo pose ao lado desta onça, já teríamos na mídia o "barulho" causado pelas ongs como ICV, Greenpeace, WWF cobrando punição dos órgãos como IBAMA, SEMA e Polícia Federal. Mas como é índio, as ongs vão alegar que os índios mataram essas onças pois são de sua natureza. É o seu instinto primitivo, mesmo morando em casa de alvenaria, com notebook, com celular que tirou a "selfie" e provavelmente internet 3G”, postou Kleyton Aleixo, em sua página na rede social.


O autor da postagem foi questionado porquê não realizou uma denúncia formal nos órgãos de proteção ambientais como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis - Ibama ou até mesmo Ongs. Ele alegou que estaria apenas repassando uma informação.

A Reportagem do 24 Horas News, irá encaminhar a denúncia ao  Ibama, na segunda-feira (7) e também para saber se trata de um indígena de MT e tentar esclarecer este fato. Se realmente foi o indígena responsável pela morte dos animais. 






Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra