Dilma calada é uma poetisa: ela disse que vai trabalhar “diuturna e noturnamente”

Expressão usada na mesma frase pela presidente Dilma Rousseff, “diuturna e noturnamente” não existe na Língua Portuguesa. É o que afirma o professor Sérgio Nogueira a’O Globo. A petista utilizou o termo pelo menos duas vezes durante as entrevistas concedidas à Rede Globo e à Rede Record após ser reeleita no último domingo. “Se fosse com qualquer um, quero dizer com o governo da situação, nós seríamos criticados diuturna e noturnamente”, disse a presidente, referindo-se à falta d’água em São Paulo.
Sérgio Nogueira explica que, no dicionário, a palavra “diuturna” significa “que tem longa duração” ou “que vive muito tempo”: Na verdade, ela quis dizer “dia e noite”, atravessar o tempo. Só que “diuturna e noturnamente” não tem este sentido. Não é correto. Nunca ouvi a expressão e em nenhum lugar. Nem no dicionário”.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra