Arquiteta de MT desaparecida em Recife estava grávida e "sumiu" para ter filha

Arquiteta de MT desaparecida em Recife estava grávida e
A arquiteta mato-grossense Núria Babyane, de 30 anos - que estava desaparecida desde o dia 14 de setembro em Recife (Pernambuco) – na verdade havia se internado para  ter um bebê. Por causa de uma infecção, a mulher recebeu alta médica somente  na noite de segunda-feira, 21, do hospital Barão de Lucena, e nesta manhã procurou um Conselho Tutelar para relatar a situação.

Segundo a delegada Gleide Ângelo -  que apurava o desparecimento -, a mulher não havia relatado a nenhum colega de trabalho ou mesmo a familiares quanto a gestação. A Polícia Civil passou a investigar a situação após a denúncias de colegas de trabalho, que estranharam a ausência da arquiteta.

Ainda conforme a polícia, em declarações iniciais, Núria informou acreditar que a gestação estava no quinto ou sexto mês e que havia procurado um hospital,  ainda no dia 14,  sentido muitas dores. Na sequência, pouco depois de dar entrada da unidade, o bebê – uma menina pesando 2,3 quilos e  medindo 47 centímetros - nasceu de parto normal. A mulher não chegou a fazer acompanhamento pré-natal

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis