Lava Jato: PT não via problema em aceitar dinheiro ilegal, diz delator

Fernando Antonio Guimarães Hourneaux de Moura comparece à CPI da Petrobras em CuritibaMais novo delator da Lava Jato, o lobista e operador de propinas do PT Fernando Moura disse em depoimentos de delação premiada que os petistas consideravam “aceitável” receber dinheiro por meios ilícitos para financiar a legenda.
A veja destacou que aos procuradores do Ministério Público, Moura detalhou a atuação dele em parceria com o ex-secretário-geral do PT, Silvio Pereira, responsável pelo loteamento de cargos no início do primeiro mandato do ex-presidente Lula. O operador disse ainda que após não conseguir trabalhar com José Dirceu na Casa Civil, recebeu a missão de “ajudar em nível de governo”.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis