Bancários terminam greve e voltam hoje ao trabalho

Após mais uma assembleia geral realizada nesta semana, o Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (SEEB/MT), desta vez, resolveu aceitar a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que ofereceu reajustes de 10% para os salários e 14% de reajuste para o vale refeição.

A maioria dos outros estados da Federação já havia aceitado a última proposta da Fenaban, o que acabou gerando uma saída unificada da greve. Segundo o Seeb-MT, hoje (28) as atividades começam a se normalizar em todas as agências do estado.

Durante 22 dias todas as agências bancárias tiveram suas atividades de atendimento ao público paralisadas. De acordo com o Seeb, por conta da paralização somente funcionaram serviços financeiros como caixas eletrônicos e compensação de cheques.

O Sindicato dos Bancários de Mato Grosso em assembleia nesta segunda-feira (26) tinha recusado a nova proposta, alegando que ela ainda seria insatisfatória. Porém a categoria, em assembleia realizada ontem (27), no auditório do sindicato, resolveu acompanhar a deliberação de outros estados e por fim ao movimento grevista.

A entrega da minuta de reivindicações dos bancários aconteceu em 11 de agosto. A partir daí, foram realizadas cinco rodadas de negociação. No dia 25 de setembro, foi apresentada uma proposta com um reajuste de 5,5% no salário, também na PLR e nos auxílios refeição, alimentação, creche e abono de R$ 2.500.


Depois de 16 dias de greve, no dia 20 de outubro, a Fenaban apresentou uma nova proposta, de 7,5% de reajuste. No dia seguinte, o índice foi de 8,75%. Mas ambos foram recusados pela categoria.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis