Bancários terminam greve e voltam hoje ao trabalho

Após mais uma assembleia geral realizada nesta semana, o Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (SEEB/MT), desta vez, resolveu aceitar a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que ofereceu reajustes de 10% para os salários e 14% de reajuste para o vale refeição.

A maioria dos outros estados da Federação já havia aceitado a última proposta da Fenaban, o que acabou gerando uma saída unificada da greve. Segundo o Seeb-MT, hoje (28) as atividades começam a se normalizar em todas as agências do estado.

Durante 22 dias todas as agências bancárias tiveram suas atividades de atendimento ao público paralisadas. De acordo com o Seeb, por conta da paralização somente funcionaram serviços financeiros como caixas eletrônicos e compensação de cheques.

O Sindicato dos Bancários de Mato Grosso em assembleia nesta segunda-feira (26) tinha recusado a nova proposta, alegando que ela ainda seria insatisfatória. Porém a categoria, em assembleia realizada ontem (27), no auditório do sindicato, resolveu acompanhar a deliberação de outros estados e por fim ao movimento grevista.

A entrega da minuta de reivindicações dos bancários aconteceu em 11 de agosto. A partir daí, foram realizadas cinco rodadas de negociação. No dia 25 de setembro, foi apresentada uma proposta com um reajuste de 5,5% no salário, também na PLR e nos auxílios refeição, alimentação, creche e abono de R$ 2.500.


Depois de 16 dias de greve, no dia 20 de outubro, a Fenaban apresentou uma nova proposta, de 7,5% de reajuste. No dia seguinte, o índice foi de 8,75%. Mas ambos foram recusados pela categoria.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra