Deputado quer PM matando mais no Brasil

O polêmico deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) mais uma vez quebrou o decoro parlamentar ao defender a execução sumária de suspeitos pela Polícia Militar. O deputado, antes de ofender os funcionários da Anistia Internacional, afirmou que a alta letalidade policial no Brasil ainda é pequena, mesmo que nós tenhamos umas das polícias que mais mata no mundo.
Em vídeo postado pelo seu filho, o também deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), o parlamentar fluminense afirmou que “violência se combate com violência”, e não com bandeiras de direitos humanos, como as defendidas pela Anistia Internacional: “Eu acho que essa Polícia Militar do Brasil tinha que matar é mais. Quase metade dessas mortes são em combate, em missão. Então, a Anistia Internacional está na contramão do que realmente precisa a segurança pública do nosso país”, afirmou.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra