Deputados do PMDB chamam reforma ministerial de “toma-lá-dá-cá”

Um grupo de 22 deputados do PMDB anunciou, ontem, um manifesto contra o que chamam de “toma-lá-dá-cá”na reforma ministerial comandada pela presidente Dilma Rousseff. Os parlamentares, que representam um terço da bancada na Câmara, dizem ser contrários à decisão do partido de assumir ministérios. Atualmente a bancada do partido na Casa conta com 66 deputados.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra