Medidas anticorrupção engavetadas

lei-anticorrupcao-empresarial
A maior parte das medidas anticorrupção apresentadas pela presidente Dilma Rousseff em março deste ano estão paradas no Congresso Nacional. Segundo levantamento d’O Globo, das ideias divulgadas, houve apenas a regulamentação da Lei Anticorrupção e a criação de um grupo de trabalho.
Outras iniciativas como a tipificação de caixa dois, confisco de bens e propriedades oriundos de enriquecimento ilícito e a ficha limpa no funcionalismo público foram barrados nas casas legislativas. Fora do Congresso, quem não tem recebido atenção são os procuradores que tocam a operação “lava jato”. Das um milhão de assinaturas que precisam para enviar as tais “dez medidas anticorrupção” ao Congresso, conseguiram 385 mil.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra