TJ-MT barra recurso ao STF e mantém condenação de Thelma


A vice-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargadora Clarice Claudino da Silva, barrou a tentativa da ex-primeira-dama do Estado e ex-deputada federal, Thelma de Oliveira (PSDB), de recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tentar reverter uma condenação por improbidade administrativa.

Thelma foi punida com a suspensão dos direitos políticos, e proibição de contratar ou receber benefícios fiscais do Poder Público pelo período de três anos, em razão de contratações supostamente ilegais, na época em que comandava a hoje extinta Prosol (Fundação da Promoção Social de Mato Grosso).

Nos bastidores, a ex-deputada é cotada para disputar as eleições em Chapada dos Guimarães, no ano que vem.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis