TJ-MT barra recurso ao STF e mantém condenação de Thelma


A vice-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargadora Clarice Claudino da Silva, barrou a tentativa da ex-primeira-dama do Estado e ex-deputada federal, Thelma de Oliveira (PSDB), de recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tentar reverter uma condenação por improbidade administrativa.

Thelma foi punida com a suspensão dos direitos políticos, e proibição de contratar ou receber benefícios fiscais do Poder Público pelo período de três anos, em razão de contratações supostamente ilegais, na época em que comandava a hoje extinta Prosol (Fundação da Promoção Social de Mato Grosso).

Nos bastidores, a ex-deputada é cotada para disputar as eleições em Chapada dos Guimarães, no ano que vem.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra