Vice-prefeita se muda de município e termina cassada pelos vereadores

vice-fabiola.jpg
A Câmara de Planalto da Serra (a 260 km de Cuiabá) cassou o mandato da vice-prefeita Fabíola de Lima Castro (PSC). A decisão foi tomada após a médica se mudar para Primavera do Leste, distante 194,9 km da cidade que deveria ajudar a administrar.
Segundo o presidente da Câmara, vereador Rosimar Pereira (PMDB), a vice-prefeita desrespeitou a Lei Orgânica do município, que proíbe os gestores públicos de se ausentarem por mais de 15 dias. “A Fabíola foi exercer a medicina em Primavera do Leste e não deu mais as caras na cidade. Cumprimos nosso papel de zelar pelo cumprimento da legislação”, diz Rosimar em entrevista ao Rdnews.
O parlamentar também afirma que Fabíola descumpria o princípio da moralidade ao acumular R$ 6 mil do salário de vice-prefeita, com R$ 30 mil que recebia como médica da rede municipal. “Quando a situação veio à tona, ela se mudou. O fato já foi informado ao Tribunal de Contas. Nós cumprimos nosso papel. Trabalhamos pela moralização”.
Dos nove vereadores por Planalto da Serra, seis votaram pela cassação, totalizando os 23 exigidos pelo Regimento Interno. Dois se posicionaram pela manutenção do mandato e um votou em branco.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis