Exercícios para o pênis que ajudam na ereção

casal domindo agarradoSe você sofre de ejaculação precoce, disfunção erétil ou simplesmente deseja melhorar a sua vida sexual, é importante exercitar os seus músculos do “sexo”.  Alguns exercícios para o pênis aumentam a saúde dessa área e naturalmente aumentam o fluxo sanguíneo, o que pode levar à melhoria da função sexual.
Exercícios para disfunção erétil
Frustrante e embaraçosa, a disfunção erétil é um problema que ocorre em muitos homens e por diversas razões. Geralmente ela é causada por condições físicas, como doenças cardíacas, diabetes, obesidade e baixa testosterona. Em alguns casos pode ser consequência de problemas psicológicos, fluxo sanguíneo, flutuações hormonais e danos nos nervos.
Tratar a disfunção erétil com remédios não é a única opção. Há algo que você mesmo pode fazer e que garante bons resultados. Um estudo da University of the West of England, no Reino Unido, descobriu que exercícios pélvicos ajudaram 40% dos homens com impotência a recuperar a função erétil normal. Eles também auxiliaram 33,5% dos homens a melhorar significativamente a função erétil.
Outro estudo publicado na revista Urology sugere que treinamento muscular pélvico é capaz de ser útil para o tratamento de disfunção erétil e outros problemas relacionados. Os exercícios melhoram a força dos músculos do assoalho pélvico e são mais comumente conhecidos como exercícios de Kegel.
Mulheres executam esse tipo de exercício para recuperar o tônus ​​muscular após o parto, promover a continência urinária e saúde sexual. Acontece que essas atividades podem beneficiar os homens também. Em particular, eles ajudam a fortalecer o músculo bulbocavernoso.
Como fazer exercícios para o pênis
Alguns exercícios podem ajudar a manter a função sexual em dia. Veja alguns exercícios para o pênis e todo o corpo capazes de mantê-lo em forma:
1. Exercícios de Kegel
O melhor método para localizar os músculos do assoalho pélvico é parar seu fluxo várias vezes no meio da micção. Os músculos que você aperta para fazer isso são os que você precisa para se exercitar.
Para executar os exercícios de Kegel, aperte os músculos, segure por cinco segundos, então relaxe. Repita 10 a 20 vezes, duas ou três vezes por dia.
2. Técnica 9-5
Masturbe-se sem pornografia e imagine uma escala de 1 a 10 – em que 1 é uma estimulação leve e 10 é uma super estimulação. Nesse caso, quando você está em 9 isso significa que está quase lá.
Pois bem, o ideal é manter uma aceleração e desaceleração das coisas entre 9 e 5 – daí o nome da técnica. Faça sessões de 20 minutos e, com o tempo, será possível notar um aumento no prazer, fortalecimento do pênis e maior controle da resposta ejaculatória.
3. Exercício aeróbico
Trabalhar os músculos além do assoalho pélvico também ajuda a combater a disfunção erétil. Um estudo publicado no The American Journal of Cardiology indica que o exercício aeróbico é capaz de melhorar essa condição.
Problemas de ereção geralmente estão ligados a alterações no fluxo de sangue para o pênis. Obesidade, diabetes, colesterol alto e doença vascular também o afetam. Adicionando exercício aeróbico à rotina é possível contribuir para a saúde geral e levar a melhorias em sua vida sexual. (Doutíssima)

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis