‘Fui salvo por celular’, diz testemunha de atentado em Paris

celular_vitimaUma testemunha diz ter sido salva por seu celular durante os ataques terroristas ocorridos na noite de sexta-feira em Paris.
Em entrevista à emissora francesa iTELE, Sylvestre conta que usou o aparelho e a jaqueta para se proteger da bomba que explodiu nos arredores do Stade de France. Segundo ele, um dos estilhaços que vinha em direção à sua cabeça acabou atingindo seu celular.
Pelo menos 127 pessoas morreram e outras 200 ficaram feridas, 99 em estado crítico, na série de ataques coordenados a bomba e tiros em seis locais diferentes de Paris, segundo o último balanço divulgado pelas autoridades.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis