Mulher é acusada de obrigar marido a 29 horas de sexo

dia do sexoUma mulher foi acusada de trancafiar seu marido em casa por 29 horas e força-lo a ter relações sexuais na Coreia do Sul. As informações são do Daily Mail. A sul-coreana tem 40 anos e é a primeira mulher a ser acusada de estupro do próprio cônjuge em seu país.
Na Coreia do Sul, só em maio de 2013 que o Supremo Tribunal do país reconheceu a violação conjugal como um crime. A justiça acredita que a intenção da mulher era obter evidências favoráveis para uso em um eventual processo de divórcio. O Supremo Tribunal confirmou, em 2013, caso semelhante porém com um marido acusado. O veredito determinou a prisão do homem que na ocasião forçou a esposa a ter relações sexuais ameaçando-a com uma arma.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra