Só para lembrar: há dois anos os mensaleiros foram presos

mensaleiros
O primeiro a se entregar na Polícia Federal em São Paulo foi o ex-presidente do PT, José Genoíno, que foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão por corrupção passiva. Logo após Genoíno, o ex-ministro da Casa Civil durante o governo Lula, José Dirceu, se entregar na Polícia Federal em São Paulo. Ele foi condenado a sete anos e 11 meses por corrupção. Em agosto deste ano, enquanto ainda cumpria sua pena do mensalão, Dirceu foi preso novamente pela Polícia Federal na 17ª fase da Lava Jato.
O publicitário e operador do esquema Marcos Valério se entregou em Belo Horizonte e depois foi levado à Brasília. Condenado a maior pena do julgamento, de 37 anos e cinco meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e peculato, atualmente ele cumpre pena em regime fechado na região metropolitana de Belo Horizonte.
O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, se entregou no dia 16, em Brasília. Condenado a seis anos e oito meses por corrupção, ele obteve a progressão de regime em setembro do ano passado e atualmente cumpre pena em regime aberto (prisão domiciliar). Há outros mensaleiros não citados aqui…

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra