Só para lembrar: há dois anos os mensaleiros foram presos

mensaleiros
O primeiro a se entregar na Polícia Federal em São Paulo foi o ex-presidente do PT, José Genoíno, que foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão por corrupção passiva. Logo após Genoíno, o ex-ministro da Casa Civil durante o governo Lula, José Dirceu, se entregar na Polícia Federal em São Paulo. Ele foi condenado a sete anos e 11 meses por corrupção. Em agosto deste ano, enquanto ainda cumpria sua pena do mensalão, Dirceu foi preso novamente pela Polícia Federal na 17ª fase da Lava Jato.
O publicitário e operador do esquema Marcos Valério se entregou em Belo Horizonte e depois foi levado à Brasília. Condenado a maior pena do julgamento, de 37 anos e cinco meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e peculato, atualmente ele cumpre pena em regime fechado na região metropolitana de Belo Horizonte.
O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, se entregou no dia 16, em Brasília. Condenado a seis anos e oito meses por corrupção, ele obteve a progressão de regime em setembro do ano passado e atualmente cumpre pena em regime aberto (prisão domiciliar). Há outros mensaleiros não citados aqui…

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis