Maioria vota pela aposentadoria de desembargador por suposta injúria racial

Maioria vota pela aposentadoria de desembargador por suposta injúria racial
A Maioria dos presentes na Sessão do Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, ocorrida nesta sexta-feira (04), decidiu pela aposentadoria do desembargador afastado Evandro Stábile, em decorrência de um suposto caso de injúria racial. A conclusão, porém, foi adiada para que três magistrados que não compareceram na data de hoje possam votar.

Stábile é julgado em um Processo Administrativo Disciplinar, por supostamente chamar um auxiliar de pedreiro de negro, safado, macaco e vagabundo. Até esta sexta, treze desembargadores proferiram entendimento pela aposentadoria compulsória.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra