Reunião do PT teve acusações, briga e até tiro

brigaTerminou em briga e tiro uma reunião na sede do PMDB, em Goiânia, na noite desta quarta-feira. O presidente nacional da Juventude do PMDB, Pablo Rezende, que é ligado ao ex-governador Iris Rezende, e o deputado estadual Paulo Cezar Martins, que apoia o deputado federal Daniel Vilela para a presidência do diretório, protagonizaram uma briga que só foi interrompida por disparo de arma de fogo.
A confusão começou porque Pablo e integrantes da chapa de Nailton Oliveira, que é o candidato de Iris para o diretório, examinavam documentos com indícios de fraude e Paulo Cezar tentou impedir o acesso. Pablo Rezende acusa o deputado de quebrar a sala inteira e os dois então começaram a brigar. Paulo Cezar afirma que repreendeu os colegas de partido porque eles não teriam permissão para ver os documentos da eleição. O deputado diz que Pablo e outros homens começaram a lhe agredir e então um segurança teria disparado para separar a briga.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra