Diárias de segurança no sítio que Lula frequentava estão na internet

diaria
A transparência evoluiu muito no Brasil nos últimos anos. Apesar de ainda termos muitas barreiras a serem quebradas, a prestação de contas online já se mostra útil para a sociedade. Relatórios de viagem divulgados pelo Palácio do Planalto e revelados pela Revista Época mostram que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contou com a segurança pessoal por 111 vezes em Atibaia, entre 2012 e 11 de janeiro deste ano.
É nas matas de Atibaia, no interior de São Paulo, que fica o sítio Santa Bárbara, no qual a Odebrecht teria gasto R$ 700 mil em reformas. No papel, o sítio está em nome de um amigo de Lula e do sócio de um dos filhos dele – Fábio Luís, aquele que enriqueceu graças à parceria empresarial com a telefônica Oi.
Lula nega ser dono do sítio e disse, por meio de assessoria, frequentar o local somente em “dias de descanso”. As evidências obtidas pela revista, porém, confrontam fortemente a versão do ex-presidente. A cada cinco dias, um segurança de Lula era deslocado para Atibaia.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis