Diárias de segurança no sítio que Lula frequentava estão na internet

diaria
A transparência evoluiu muito no Brasil nos últimos anos. Apesar de ainda termos muitas barreiras a serem quebradas, a prestação de contas online já se mostra útil para a sociedade. Relatórios de viagem divulgados pelo Palácio do Planalto e revelados pela Revista Época mostram que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contou com a segurança pessoal por 111 vezes em Atibaia, entre 2012 e 11 de janeiro deste ano.
É nas matas de Atibaia, no interior de São Paulo, que fica o sítio Santa Bárbara, no qual a Odebrecht teria gasto R$ 700 mil em reformas. No papel, o sítio está em nome de um amigo de Lula e do sócio de um dos filhos dele – Fábio Luís, aquele que enriqueceu graças à parceria empresarial com a telefônica Oi.
Lula nega ser dono do sítio e disse, por meio de assessoria, frequentar o local somente em “dias de descanso”. As evidências obtidas pela revista, porém, confrontam fortemente a versão do ex-presidente. A cada cinco dias, um segurança de Lula era deslocado para Atibaia.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra