Lula em ministério pode ser tiro no pé

Ao virar ministro, para se livrar das garras do juiz Sérgio Moro, o ex-presidente Lula dá um duplo golpe: na Justiça, que desmoraliza, e na própria presidente Dilma Rousseff, que vira uma verdadeira rainha da Inglaterra. Mas o tiro pode sair pela culatra. O jurista Leonardo Sarmento diz que a finalidade da nomeação de Lula, que não é administrativa, pode ser anulada porque está sendo deturpada da sua finalidade, visando somente a concessão de foro privilegiado, ocorrendo o que caracteriza “jogo de desvio de finalidade”.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra