Dheylla Torres da Silva é morta cinco horas após anunciar gravidez pelo Facebook

Dheylla Torres da Silva (23), residente na cidade de Peixoto de Azevedo, interior de Mato Grosso, foi morta a tiros no último sábado (10), cinco horas após anunciar através de uma rede social que estava grávida.

O criminoso, ainda não identificado pela Polícia, atirou quatro vezes contra a jovem. Dheylla foi atingida por três tiros.

Ela foi socorrida, mas morreu a caminho de um hospital do município.

O namorado da jovem (nome não revelado) encontrou a vítima em um dos quartos da casa e chegou a ver a pessoa que atirou.

Ele afirmou ao delegado que não conhecia o suspeito.

Não há informações da motivação do assassinato.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra