Os apelidos dos odebrechtianos.

Pior que ser citado na delação da lava jato é descobrir os codinomes que o pessoal da Odebrecht dava aos meliantes.
Lindinho: Linderbergh Faria
Velhinho: Francisco Dornelles
Boca Mole: Heráclito Fortes
Angorá: Moreira Franco
Feia: Lidice da Mata
Amigo: Lula
Polo: Jacques Wagner
Nervosinho: Eduardo Paes
Caju: Romero Jucá
Caranguejo: Eduardo Cunha
Gripado: José Agripino
Sem medo: Temer
Santo: Alckmin
Justiça: Renan
Botafogo: Rodrigo Maia
Coxa: Gleisi
Ferrari : Dulcídio do Amaral
Italiano: Antonio Palocci.
Pos- Itália: Guido Mantega.
Sérgio Cabral: Proximus.
Adriana Ancelmo: Lurdinha.
Moleza – Jutahy Magalhães Jr.
Las Vegas – Anderson Dornelles (ex-secretário de Dilma)
Campari – Gim Argello (ex-senador PTB-DF)
Decrépito- Paes Landim – deputado federal (PTB-PI)
Babel – Geddel Vieira Lima – ex-ministro do governo Temer
Mineirinho: Aécio
Viagra – Jarbas Vasconcellos, deputado federal do PMDB-PE
Ovo – Raimundo Colombo, governador de Santa Catarina (DEM)
Avião- Manuela D’Ávila, deputada estadual do PCdoB-RS
Grego –
Tabule – Paulo Skaf (PMDB-SP)
Kafta – Gilberto Kassab, ex-prefeito de São Paulo, presidente do PSD.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis