Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 16, 2007

Coluna de Dorjival Silva (Segunda Edição)

AERÓDROMO DE TANGARÁ: MAIS PROMESSAS A “turma da promessa” esteve mais uma vez em Tangará da Serra nesta quinta-feira (15) para “espiar” o futuro aeródromo da cidade. Somente para “espiar” e depois dizer para os holofotes que a solução do problema depende de fulano e beltrano e por ai se vai. Gostaria muito de levar a sério a visita desse pessoal da Aeronáutica que não é a primeira vez que vem trazendo esperanças para este sofrido município e depois não redunda em nada concreto. Corajoso, o secretário municipal de Planejamento Moacir Copolla também “prometeu” que em 60 dias o nosso ex-aeroporto e futuro aeródromo estará funcionando. Eu duvido muito que num país onde reina a burocracia a Agência Nacional de Aviação Civil resolva essa questão. CARNAVAL: PREOCUPAÇÃO COM USUÁRIOS DE ALCOOL O tenente-coronel BM Walmil Borges, comandante do Corpo de Bombeiros de Tangará da Serra e região, informou que vai trabalhar em conjunto com a Polícia Militar e a Guarda Municipal nos locais de

Coluna de Dorjival Silva (Primeira Edição)

Imagem
O NOVO PROCON DE TANGARÁ O Procon de Tangará da Serra tem mostrado uma nova face para a sociedade. Uma face equilibrada, bem ajustada e dinâmica. Faço esse reconhecimento porque há muito tempo não ouço nenhum cidadão tangaraense reclamando disso ou daquilo relacionado a este órgão. Pelo contrário, os comentários chegados a este Blog são todos de elogios e reconhecimento positivo ao trabalho que vem sendo desenvolvido desde o início da atual coordenação. O órgão que defende os consumidores em Tangará da Serra não representa mais problema para atual Administração, empresários e a sociedade. Ele é visto hoje como algo bom, positivo, que tem contribuído na medida do possível pelo equilíbrio dos problemas naturalmente gerados no eixo vendedor-consumidor. Este blogueiro gostaria muito que todos os órgãos públicos em funcionamento neste município estivessem tão bem coordenados como o Procon. Mas, infelizmente a realidade que se apresenta, até mesmo em algumas secretarias municipais, está bem