17 de fevereiro de 2007

Coluna de Dorjival Silva (Edição de Sábado)


TANGARÁ ENTRA NO QG DA FOLIA

Mascarados de Poconé: apresentação na praça
Ontem à noite aaconteceu a abertura do carnanal 2007 na praça dos Pioneiras contando com excelente participação popular, mesmo sendo cobrado ingresso das pessoas. É estranho dizer que está sendo cobrado ingresso do povo no QG da folia(local do povo), mas é verdade. É baratinho: algo em torno de R$ 10 pela participação em todas as noites de festa. O povo não vai ligar para isso. Mesmo pagando para se divertir em lugar próprio.

Início da noite, a elite política da cidade se concentrou no QG para celebrar o início da festa de momo. Prefeito Júlio César e primeira-dama, secretários municipais, presidente da Câmara de Vereadores José Jaconias da Silva, suplente de deputado Wagner Ramos, jornalistas e radialistas cairam na cerveja. Tangaraense nenhum ficou sabendo quantas geladinhas foram consumidas. Mas o que isso importa? Era tudo de graça mesmo!

De graça, virgula, alguém bancou a cervejada consumida desenfreadamente na praça dos Pioneiras ontem à noitinha. Quem pagou? Deus queira que tenha sido algum filho de Deus bom de bolso. Deus nos livre de estarmos bancando uma farra daquelas. Ele é bom e sei que nos livrará.

O mais interressante foi ver todas aquelas autoridades cercadas pelos puxa-sacos de cara para o ar, na maior alegria, celebrando o velho momo, como se tudo em nossa cidade estivesse às mil maravilhas. A impressão que tive ao testemunhar por cerca de 15 minutos toda aquela euforia , é que realmente Tangará da Serra é um País de primeiro mundo.

Graças a Deus, aqui não há do que nos preocuparmos. Tudo está em perfeita ordem e harmonia. Então, se não há o que fazer pelos mais necessitados(?), pela saúde, educação, assistência Social, infra-estrutura, então vamos torrar nosso dinheirão na farra. Contratando bandas caras, convidando atrações de outros municípios, pousar em camarotes, encher a cara de uisque e cerveja e dizer aleluia. Vamos comemorar nosso carnaval porque aqui tudo está bem!

Hoje à noite, a folia continua e ali estaremos novamente na maior curtição. Vamos torrar dinheiro e gastar a um pouco da saúde. Alías, é carnaval e nesse período quase tudo é permitido. Quase. Como sempre, vou ficar apenas espiando para ser testemunha dos têtê-a-tês, balanguebangues, e fofocas. Se é carnaval, vamos aproveitar e conversar também umas besteirinhas e soltar umas engraçadinhas, porque, como disse, quase tudo é permitido.


ESCRITOR PUBLICA POEMA NO BLOG

Robério Barreto na Bahia

Escritor Robério Barreto retorna de merecidas férias na costa da Bahia. Sem estresse, retoma seu dom de escrever belos poemas e artigos para postagens no Tangará Repórter onde assina coluna há um ano. Neste sábado, o Blog saúda seus webleitores com seu mais recente trabalho literário, escrito especialmente para postagem neste espaço.

Leia:
AMOR DE CARNAVAL

Meu coração é tamborim
E grita no ritmo forte do carnaval,
Nas mãos do sambista em noite triunfal.

Sinto saudades de ti!

O bramido do indefeso instrumento
Gela-me a alma tal fosse meu coração
Ao encontrar essa sensação.

No suor e calor
Rolamo-nos no prazer alucinante
De nossas peles encontrando-se
Ao ritmo do amor de carnaval.

14/02/2007, altas madrugadas!