13 de março de 2007

Coluna de Dorjival Silva (Primeira Edição)


JOÃO NEGÃO: TIRO SAIU PELA CULATRA


O vereador tangaraense João Batista Neri(João Negão), na ânsia por querer aparecer demais na mídia, acabou sendo ligeiramente "queimado" nesta segunda-feira (12) em um programa de televisão local.

O parlamentar certamente imaginou que dando publicidade a uma lista com nomes de cidadãos tangaraenses supostamente pré-candidatos à vereador nas próximas eleições, se daria bem. "Queimando" os pretensos nomes. Porque foi esta, na verdade, a intenção do vereador.

Só que o tiro saiu pela culatra. O incendiário caiu no meio do fogarel. O apresentador Evandro Carlos do Programa A Hora do Povo, desceu o "cassete" no vereador e ainda o ameaçou com um processo pelo fato de seu nome constar na falsa lista.

Às pressas, João Negão foi até o programa para explicar que não teria sido ele o remetende da lista. Embora tenha admitido que a letra que constava no envelope era a dele. Assegurou que sua secretária parlamentar é que seria a responsável pelo envio da lista para a imprensa local.

O vereador ficou todo "embananado". Sem explicação convincente para a opinião pública, se submeteu a grande prejuízo eleitoral, a ser conferido no próximo pleito.