Postagens

Mostrando postagens de Março 16, 2007

EX-GESTORES DA CÂMARA DE TANGARÁ SÃO OBRIGADOS A DEVOLVER DINHEIRO

Por unanimidade o Pleno do TCE-MT negou provimento ao recurso Embargos de Declaração proposto pelo ex-presidente da Câmara Municipal de Tangará da Serra, Antonio Lopes Gonçalves, contra decisão anterior do Tribunal que o obriga a devolver recursos aos cofres do município. Em 2004, ao julgar as contas anuais da Câmara, referentes ao exercício de 2002, o TCE determinou que Antonio Lopes Gonçalves , que presidiu o Legislativo de 01/01 a 28/03/2002 e Hélio Márcio Gonçalves , período de 04/04 a 31/12.2002, restituíssem, respectivamente, os valores correspondentes a 548,69 e 1.760,20 Unidades de Padrão Fiscal. Cada UPF, hoje, é cotada em R$ 26,99. Antonio Lopes já havia interposto recurso contra parte do Acórdão, mas a decisão do Tribunal foi desfavorável a sua pretensão. O recorrente não contestou o mérito da decisão, mas pretendia que o Tribunal determinasse a responsabilidade solidária a todos os vereadores daquela legislatura, o que implicaria em rateio dos valores entre os parlamenta

TELEFONEMAS AMEAÇAM FAMÍLIAS DE CAMPO NOVO DO PARECIS

Imagem
Campo Novo do Parecis - MT Pelo menos três famílias foram vítimas nesta semana de telefonemas com ameaças de falsos seqüestros na cidade de Campo Novo do Parecis. A polícia acredita que as ligações foram originadas de aparelhos celulares da região. Nos três casos, os autores dos telefonemas apenas disseram que parentes das vítimas haviam sido seqüestrados. Chegando mesmo a simular o crime com a suposta vítima gritando por socorro. Mas não chegaram a cobrar pelo resgate. As autoridades acreditam que pode se tratar apenas de trotes. Mesmo assim, a população pariciense está orientada a comunicar à polícia, qualquer telefonema de origem estranha.

JOÃO NEGÃO DAR PUBLICIDADE À LISTA DE “CANDIDATOS” À PREFEITO

Vereador João Negão usou os microfones da Rádio Tangará AM nesta manhã para passar duas “informações”. Uma sobre evento promovido pelo seu partido PSB, hoje à noite no plenário da Câmara Municipal. Outra, para cobrar do Serviço Autônomo Municipal de Águas e Esgoto – SAMAE, imediata instalação dos eco-pontos na cidade. “Informou” que cerca de 70 carroceiros ficarão com suas atividades paralisadas enquanto o assunto não sair do papel. Questionado pelo radialista Carlos Longh, sobre a “mancada” que deu no início desta semana dando publicidade a uma lista falsa contendo nomes de cidadãos tangaraenses que supostamente “sairão” candidatos a vagas na Câmara Municipal, João Negão desconversou. Aproveitou o ensejo para se mostrar como vítima e fazer mais falsa propaganda. Não perdendo a oportunidade, o vereador que mais gosta de aparecer em Tangará da Serra, deu publicidade a outra lista falsa com nomes de pessoas de bem da comunidade que supostamente “serão” candidatos à prefeito. Disse qu