30 de março de 2007

MIDIA NEWS: MEDIDA JUDICIAL FAVORECE CRIMES LEVES EM TANGARÁ

Em Tangará da Serra, cidade distante 251 quilômetros de Cuiabá, a Justiça permitirá a quem cometer um crime considerado leve, como roubo, não ficar preso na cadeia municipal. Será interrogado e liberado -com autorização judicial. Com capacidade para abrigar 47 detentos, a cadeia abriga hoje 120 pessoas.

Confira clicando aqui!

BASE DO PREFEITO NA CÂMARA COM DOIS VEREADORES DE BICO COMPRIDO

Não tenho mais tanta certeza se os vereadores tangaraenses Pedro Francisco da Silva e Luiz Marcos, ambos do PTB, ainda compõem à base aliada do prefeito Júlio César Ladeia na Câmara Municipal.

O comportamento dos dois tem se mostrado bem diferente para quem se dizem fiéis aliados políticos. Na última sessão ordinária da Câmara, segunda-feira (26), Luiz Marcos fez críticas pesadas contra a atual administração.

Já Pedro Francisco votou pela reprovação de um Projeto de Lei de autoria do Executivo. Atitude bem diferente das que vinha adotando.

FOLHA DE S.PAULO DESTACA PRECARIEDADE DA CADEIA PÚBLICA DE TANGARÁ DA SERRA

Em Tangará da Serra (251 km de Cuiabá-MT), quem cometer um crime considerado leve --como roubo ou furto--, pode até ser preso em flagrante, mas não ficará na cadeia municipal. Será apenas interrogado e, depois, liberado --com autorização judicial.

Com capacidade para abrigar 47 detentos, a cadeia abriga hoje 120 pessoas. Como não há espaço para todos, a medida serve para manter aqueles que cometem delitos mais graves.