10 de abril de 2007

PT REALIZA SEGUNDA CARAVANA DA CIDADANIA NO DISTRITO DO PROGRESSO

O Partido dos Trabalhadores realizará a segunda ASSEMBLÉIA POPULAR no Distrito de Progresso, nesta sexta-feira –13/04/07, às 19 horas, no Salão da Comunidade (Igreja Católica).

O evento faz parte da programação da Caravana da Cidadania, projeto que tem como objetivo fazer acontecer a função de um partido político: discutir com a sociedade suas potencialidades e necessidades e, elaborar juntos, políticas públicas que promovam a melhoria da qualidade de vida de todos.

A Caravana da Cidadania é um projeto desenvolvido pelo PT de Tangará da Serra e prevê visitas aos bairros e comunidades rurais da cidade, com o intuito de realizar um levantamento de informações sobre aspectos econômicos, sociais e culturais das comunidades, a fim subsidiar a elaboração de um projeto de desenvolvimento consistente e eficaz para o município.

A Assembléia Popular contará com a presença do presidente da Câmara Municipal, vereador Jaconias, deste jornalista e militância.


Data: 13 de Abril de 2007;
Horário: 19 horas;
Local: Salão da Comunidade (Igreja católica) – Residencial Alto da Boa Vista.

PROFESSORES E ACADÊMICOS ESCOLHERÃO NOVA COORDENAÇÃO PARA A UNEMAT DE TANGARÁ


Fachada da Unemat de Tangará da Serra - MT


Professores e acadêmicos da Universidade do Estado de Mato – Unemat, campus universitário de Tangará da Serra, terão no próximo dia 25, a oportunidade de efetuar uma grande mudança no quadro administrativo da instituição.

Na referida data será realizada eleição para escolha da nova coordenação-geral da universidade. Três nomes de professores são postos à disposição dos quadros docentes e discentes.

Ariel Lopes Torres, do Departamento de Ciências Contábeis, representante do sistema situacional e, os professores opositores, Raimundo Nonato Cunha de França (Letras) e Luiz Alfredo Pacheco (Administração).

De acordo com informações exclusivas para o BLOG, repassadas pela presidente da Comissão Eleitoral Geni Figueiredo, o pleito ocorrerá simultaneamente em Tangará da Serra, Sapezal, Campo Novo do Parecis e Juína. Nesses municípios também haverá eleição para escolha da coordenação local.

Alguns acadêmicos que mantiveram contato com o BLOG opinarão que essa será uma excelente oportunidade para o efetuo de uma grande mudança nos rumos da administração de Tangará da Serra.


Lembraram na oportunidade que o voto do professor terá o mesmo pêso dos acadêmicos. Dando segurança para eles e para alguns docentes que há tempos vêm sonhando com uma radical mudança na coordenação da Unemat de Tangará.

NOVO NOME DA CULTURA DEVERIA SER INDICADO PELOS ARTISTAS


O prefeito Júlio César Ladeia não deveria “entregar” o Departamento de Cultura do município às mãos de vereador ou partido nenhum. Falo como cidadão e, muito mais, na condição de vice-presidente do Conselho Municipal de Cultura - CMC.

Para que fique claro. Assumo posição contrária à indicação de qualquer nome, que não conte primeiro com o aval do Conselho. O Departamento não precisa de um nome com peso político-partidário. Precisa sim: de uma pessoa que tenha política cultural para planejar e executar e fale a nossa língua.

Essa de vereador “aliado” ficar metendo o dedo onde não é chamado não cola mais. Precisamos de uma pessoa que fale o nosso idioma e entenda nossos anseios. Uma pessoa que realmente viva a mesma mentalidade cultural que vivemos no dia a dia tangaraense.

Penso que se o tal “nome” for lavra de certo vereador ai, o entusiasmo que a classe tem no momento para a cultura tangaraense definitivamente sair do papel, despencará para a ruína.

Neste caso, sugiro ao prefeito Júlio César que solicite dos segmentos culturais uma lista com alguns nomes e, deles escolha um que melhor se afinar com a classe e o governo municipal. Creio que assim, o chefe do executivo receberia o reconhecimento dos artistas e intelectuais da cidade.

VEREADOR VOLTA A TECER CRÍTICAS À ADMINISTRAÇÃO


Luiz Marcos

O vereador Luiz Marcos Nogueira (PTB) voltou a tecer críticas pesadas ao prefeito Júlio César Ladeia, na sessão de ontem à noite. Em sua fala enfatizou que o Jardim San Diego está completamente abandoado pela administração.

Criticou ainda o fato de o prefeito ainda não ter construído uma casa sequer em mais de dois anos de governo. Nas entrelinhas deixou bem claro em seu posicionamento que, caso não haja mudança radical do Executivo em benefício da comunidade, não valeria apenas reeleger os governantes atuais, referindo-se ao prefeito e aos próprios vereadores.

As posições do vereador não deixam mais dúvidas sobre a intenção de retirada de seu apoio político ao prefeito Júlio César Ladeia. Na semana passada o Blog já havia dito que o parlamentar, acompanhado de outro, estaria de bico comprido. Dodói. Insatisfeitos com a atual administração.