11 de julho de 2007

Acusado de praticar crime ambiental, ex-prefeito de Nobres vai parar na cadeia

De Nobres chega notícia via e-mail informando que o ex-prefeito daquele importante município mato-grossense, Devair Valim de Melo, foi preso nesta quarta-feira.

Pesa contra ele, acusação de envolvimento em esquema de exploração ilegal de madeira no Mato Grosso.

Sua prisão temporária foi decretada pelo juiz José Zuquim, da Vara Especializada do Meio Ambiente.

Devair Valim de Melo é uma das 75 pessoas acusadas de crimes, como formação de quadrilha, falsidade ideológica e crimes contra a administração ambiental.

Agora, sobe para 36 o número de mandados de prisão cumpridos. Outras 39 pessoas estão sendo procuradas.

Nesta noite ele presta depoimento na Delegacia Delegacia Fazendária em Cuiabá. Depois seguirá para seu primeiro pernoite numa prisão da capital.

Sem notícias do Deputado Wagner Ramos

A suposta assessoria de imprensa do deputado estadual Wagner Ramos ainda não enviou, desde que ele assumiu a cadeira de Malheiros, nenhuma notícia para ser publicada no portal Tangará Repórter.

Para não está dando publicidade aos seus atos políticos em nosso Portal, imagino três hipóteses:

1 -O deputado não teria assessoria de imprensa;

2 - O deputado não estaria produzindo abosulutamente nada que merecesse divulgação para nossos milhares de webleitores - cerca de 400 mil visitas mensais;

3 - O deputado estaria mostrando seu lado rancoroso com o Portal por ter tercido algumas críticas logo que assumiu a vaga na AL.

Gostaria muito de estar equivocado em todas essas hipóteses. Ficaria bem mais satisfeito se o Deputado por meio de sua "assessoria" quando enviasse suas "notícias" para os veículos de comunicação de Tangará, inclui-se também o Tangará Repórter.

Isso, para depois não sair falando por ai que nosso Portal só sabe criticar sua pessoa. Quando não é verdade. Critica-se, mas também reconhece-se quando se faz algo digno em favor dos menos favorecidos.

Quem faz jornalismo há 18 anos, sabe o que pensa, o que escreve e para quem escreve. A tônica do nosso jornalismo é a notícia preta no branco. Sem eira e nem beira. Simplesmente a notícia como ela é.

Políticos "brincam" com a Justiça Eleitoral

Venceu nesta semana o prazo para o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Sérgio Ricardo (PR), e a ex–secretária de Educação do Estado, Ana Carla Muniz, pagarem multa referente a condenações por propaganda irregular e condutas vedadas a agentes públicos, praticadas no pleito de 2006.

A ex-secretária foi condenada a pagar multa no valor de R$ 25 mil. Já o deputado, terá de desembolsar R$ 2 mil. E por que não pagaram? LEIA MAIS

Câmara Federal adia votação de fidelidade partidária

Por 247 votos a 190, o plenário da Câmara dos Deputados decidiu adiar a votação da fidelidade partidária, um dos pontos polêmicos da Reforma Política.

Os parlamentares não aceitaram o requerimento do PDT para votá-la logo na abertura da sessão da tarde desta quarta-feira (11).

A expectativa na Câmara é que a fidelidade partidária seja votada somente após o recesso parlamentar.

Para esta tarde, o único ponto a ser votado deve ser o financiamento público de campanhas eleitorais. LEIA MAIS

Senado adia mudanças no sistema político para após o recesso

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado adiou a votação de propostas de mudança no sistema político após pedido de vista de vários senadores. Com isso, propostas de emenda à Constituição que tratam de assuntos como fidelidade partidária e mudanças nas regras de coligações partidárias só devem ter uma definição após o recesso parlamentar, marcado para quarta-feira (18). LEIA MAIS