21 de julho de 2007

União das Câmaras Municipais tem contas reprovadas

O TCE reprovou as contas anuais de 2006, da União das Câmaras Municipais do Estado de Mato Grosso, determinando devolução de valores aos cofres da entidade e aplicação de multa ao gestor, Aluizio Lima Pereira.

De acordo com o relator, conselheiro Ary Leite de Campos, o presidente da União das Câmaras terá que devolver valores correspondentes a 1,75 UPF's/MT e 0,92 UPF's/MT, decorrentes de juros e taxas bancárias sobre devolução de cheques sem provisão de fundos e saldo devedor.

Ele terá que devolver, também, valores equivalentes a 22,84 UPF's/MT, referente ao registro negativo na Demonstração da Dívida Flutuante, 10,71 UPF's/MT relativo a adiantamento liberado em data anterior à sua emissão e outras 32,30 UPF's/MT de adiantamentos com prestações de contas não comprovadas.
A UPF-MT está cotada em R$ 27,38.