27 de julho de 2007

Censo constata diminuição da população de Comodoro

Preocupação em Comodoro.

Os resultados apresentados pelo IBGE em reunião com a Comissão Censitária Municipal (CCM) nesta quinta-feira (26), registram contagem de pouco mais de 12 mil habitantes em 36 setores encerrados do município.

Número muito abaixo dos 19.586 habitantes, dados consolidados em estatísticas do próprio IBGE e do DATASUS, colhidos outrora.

Integrantes da comissão e autoridades municipais estão sem saber o que fazer.

Durante a reunião os dados foram muito questionados, considerando que o município registra mais de 13 mil eleitores inscritos no cartório da 61ª zona eleitoral, e tem mais de três mil estudantes matriculados com idade inferior a 16 anos.

E qual é a explicação para o problema? Estão procurando.

Essa deverá ser uma preocupação de muitos prefeitos noutros municípios de Mato Grosso. A coisa tende a piorá, ao invés da melhora que muitos estão esperando com a conclusão do censo.

Procon fará inscrições em faculdades para o Congresso de Direito do

Para facilitar o acesso de professores e estudantes, a Superintendência deDefesa do Consumidor de Mato Grosso (Procon-MT) irá montar pontos deinscrições para o 5º Congresso Mato-grossense de Direito do Consumidor durante o intervalo de algumas faculdades de Direito em Cuiabá e Várzea Grande.

Mediante a doação de duas latas de leite em pó, os interessados em participar do evento também podem se inscrever, das 8h ás 18h, na sede doórgão, localizado ao lado da Polícia Federal (Edifício Eldorado ExecutiveCenter - Av. do CPA, nº. 917, Bairro Araés).

TSE faz alerta sobre e-mails falsos aos eleitores

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) alertou nesta sexta-feira (dia 27) que estão circulando e-mails em nome do Tribunal comunicando o cancelamento de títulos eleitorais e solicitando a atualização de dados cadastrais para a Justiça Eleitoral.

O TSE informa que não envia e-mails a eleitores, nem autoriza nenhuma outra instituição a fazê-lo em seu nome.

No alerta, o TSE sugere que mensagens desta natureza devem ser apagadas, pois podem conter vírus de computador.

Investigações sobre Renan serão concluídas em agosto

Em entrevista à Rádio Senado, o senador Renato Casagrande (PSB-ES) - um dos três relatores do processo contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar - disse que as investigações preliminares nos documentos apresentados por Renan em sua defesa devem ser concluídas na primeira quinzena de agosto.

Sérgio poderá abandonar PR e se filiar ao DEM

A transferência de domicílio eleitoral do economista Luís Antônio Pagot, ex-secretário de Educação do Governo Maggi e homem de total confiança do governador pegou todo mundo de surpresa.

A mexida representou um duro golpe nas pretensões do deputado Sérgio Ricardo, presidente da Assembléia Legislativa, já lançado pré-candidato a prefeito.

A ponto de que articuladores políticos já darem como certa a saída do parlamentar do Partido da República, o PR.

Sufocado, o futuro de Ricardo, se quiser manter sua postulação, deve ser o Partido dos Democratas, o DEM. Leia mais

Presidência confirma a vinda de Lula a Cuiabá

O Cerimonial da Presidência da República confirmou a vinda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Cuiabá, na próxima terça-feira (31).

Lula irá fazer o lançamento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) nas áreas de saneamento (esgoto e tratamento de água) e urbanização em Mato Groso. A cerimônia de lançamento do PAC está marcada para as 10h, no Centro de Eventos Pantanal.

Os detalhes que envolvem a vinda do presidente foram discutidos pela Casa Civil do Governo e um assessor da Presidência, que visitou no final da tarde de ontem o local da cerimônia.

Na visita, o presidente Lula irá anunciar os investimentos no setor de saneamento previstos para Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis, que podem chegar a R$ 600 milhões.
Para tratar dos projetos e dos valores previstos, o governador Blairo Maggi esteve no último dia 16 reunido em Brasília com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Participaram das reuniões no ministério os perfeitos Wilson Santos (Cuiabá), Murilo Domingos (Várzea Grande) e Adilton Sachetti (Rondonópolis) e ainda representantes do Ministério das Cidades e da Caixa Econômica Federal.

PT oposto ao PR? Duvido.

A presidente do diretório regional do PT, senadora Serys Slhessarenko, assegurou que o partido lançará candidatos às prefeituras da maioria dos municípios do Estado.

Disse ainda que o bom relacionamento da legenda com o governador Blairo Maggi (PR) não significa comprometimento com alianças para o pleito de 2008.

E eu que vinha pensando na possilidade de uma aliança entre PT e PR em Tangará da Serra...

Será que me enganei mesmo? Será possível o PT ter candidato independente neste município nas eleições vindouras? Pago para ver.

Pedro Henry permanece com problemas na Justiça Eleitoral

O Ministério Público Eleitoral entrou com recurso (RCED 668) contra expedição de diploma do deputado federal reeleito Pedro Henry (PP-MT).

O parlamentar é acusado de abuso de poder econômico, corrupção, fraude e compra de votos.

O que pesa contra Eliene Lima

O deputado federal Eliene Lima (PP-MT) está sendo acusado de oferecer vantagens econômicas para obter votos.

De acordo com a denúncia feita pelo procurador regional eleitoral do Mato Grosso, Mário Lúcio Avelar, o deputado comprou votos mediante doação de combustível.

O TRE julgou a ação improcedente alegando que não havia provas suficientes contra o deputado.

O recurso impetrado no TSE (RCED 676) está sendo analisado pela Procuradoria Geral Eleitoral (PGE).

Lula é vaiado mais uma vez

Apesar da blindagem preparada pelo Planalto e pelo governo petista de Sergipe, permitindo que apenas pessoas com convites em mãos, cuidadosamente distribuídos pelos organizadores da cerimônia de lançamento do Programa de Aceleração Econômica, em Aracaju, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi duas vezes vaiado, ontem, por um pequeno grupo de funcionários do Incra, do Ministério da Cultura e estudantes da Universidade Federal de Sergipe, que estão em greve.

As vaias, no entanto, acabaram sendo abafadas pelos aplausos e gritos de "Olê, Olê, Olá, Lula, Lula", dados principalmente por militantes petistas e do MST, convidados para o evento, que defenderam o presidente e chegaram a desentender com os grevistas.

Na cerimônia, os seguranças do Planalto e do evento tomaram ainda a faixa vermelha dos manifestantes que dizia "Lula traidor". A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, coordenadora do PAC, também foi vaiada pelo menos duas vezes pelos poucos manifestantes contrários ao governo, presentes ao evento.

Foi como disse recentemente neste espaço. Os brasileiros sabem que não têm tanta força assim para desalojar os corruptos que agem livremente em Brasília. Porém, de outra coisa sabem: as vaias incomodam. E por isso mesmo, estão com gargantas afiadas para a qualquer momento e em qualquer lugar, "malharem" os que promovem politicagem, seja na esfera que for.

Lino e Celcita "encrencados" no MPF

Os ex-deputados federais por Mato Grosso Lino Rossi (PP) e Celcita Pinheiro (DEM), que atualmente é secretária de Assistência Social e Desenvolvimento Humano de Cuiabá, fazem parte da mais recente leva de denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) por envolvimento com a máfia das sanguessugas.

Os dois ex-parlamentares foram denunciados entre junho e julho deste ano por lavagem de dinheiro, corrupção ativa e corrupção ativa, além de outros crimes ligados ao esquema de recebimento de propina para patrocinar com dinheiro público compra de ambulâncias com preço superfaturado.

Ex-prefeitos denunciados por envolvimento com sanguessugas

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou a ex-prefeita de Colniza, Nelci Capitani (DEM), e o ex-prefeito de Feliz Natal, Antônio Domingos Debastiani (PSDB), por formação de quadrilha e fraude em licitação.

Além de Nelci e Antônio Domingos, servidores públicos das comissões de licitação dos dois municípios também foram denunciados.

Sobre Colniza, o MPF diz que foi detectada fraude em licitações de 2001 e 2002, enquanto em Feliz Natal as irregularidades teriam ocorrido em 1999 e 2004.