3 de agosto de 2007

Quem, eu?


Secretária de Assistência Social participa de Conferência municipal de Saúde em Várzea Grande

A Secretaria Municipal de Assistência Social Ângela Louret, participa de hoje, 03 até amanhã 04 da Conferência Municipal de Saúde da cidade de Várzea Grande.

O tema central da Conferência será “Saúde e Qualidade de Vida: Políticas de Estado e Desenvolvimento”.

O evento abordará ainda os seguintes eixos temáticos: “Desafios para a efetivação do direito humano à saúde: Estado, Sociedade e Padrões de Desenvolvimento”; “Políticas públicas para saúde e qualidade de vida: o SUS na Seguridade Social e o Pacto pela Saúde”; e “A participação da sociedade na efetivação do direito humano à saúde”.

Manejo de gado leiteiro e capineira serão temas de cursos em Tangará da Serra

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Tangará da Serra, em parceria com o Senar e o Sindicato Rural, promovem entre 6 à 10 de agosto curso de manejo de gado leiteiro.

As inscrições podem ser feitas na Secretaria de Agricultura ou no dia do curso no Sindicato Rural de Tangará da Serra local onde acontecerá o curso.

Já as inscrições para o curso sobre capineira, promovido pela secretaria, em parceria com o Senar e o Sindicato Rural, estão sendo feitas na Secretaria de Agricultura ou no Sindicato Rural de Tangará da Serra. As aulas serão ministradas entre 13 à 15 de agosto.

Mais informações: (65) 3326 5733

Banco do Brasil é condenado a indenizar correntista em R$ 14 mil

O Banco do Brasil S/A foi condenado a pagar R$ 14 mil de indenização por danos morais a uma correntista que passou constrangimento de ter crédito negado apesar de ela ter saldo bancário em sua conta corrente.

Por duas vezes ela tentou fazer compras usando o cartão de débito, mas aparecia a mensagem de insuficiência de fundos.

Posteriormente, via extrato bancário, ela constatou que as transações haviam sido realizadas, pois houve dois débitos indevidos em sua conta.

A sentença foi proferida nesta quinta-feira (2 de agosto) pelo juiz Yale Sabo Mendes, titular do Juizado Especial Cível do Planalto, em Cuiabá (processo nº. 383/2007). Cabe recurso.

Confira aqui a íntegra da decisão.

Tribunal de Justiça recebe denúncia contra prefeito de Castanheiras

A Turma de Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça de Mato Grosso recebeu nesta quinta-feira (2 de agosto), por unanimidade, denúncia feita pelo Ministério Público Estadual em face do prefeito municipal de Castanheiras, Genes Oliveira Rios (ação penal pública originária 15622/2006).

O prefeito foi autuado por agentes ambientais do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) por destruir área verde em sua própria fazenda, denominada ‘Fazenda Castanheira’.

A degradação ocorreu em Área de Preservação Permanente, sendo que Genes Rios não possuía licença ambiental para o desmatamento.

Criticando Lula, FHC diz ser "doutor em vaias"

Ao discursar no lançamento da revista norte-americana "Americas Quartely" em São Paulo, o ex-presidente FHC (Fernando Herinque Cardoso) disse ser um "doutor em vaias", considerando que durante o seu governo , o PT do hoje presidente Lula, o vaiava o tempo todo.

Para FCH as vaias a Lula no Maracanã e os protestos em alguns estados do Nordeste não foram articulações dos mais ricos. "É difícil imaginar que vaias, uma coisa coletiva, num estádio, seja de uma camada. É de todo mundo, é um momento."

Segundo FHC, "rico geralmente não vaia porque tem medo: quer continuar ganhando dinheiro, não vai vaiar o presidente".

O ex-presidente também criticou o uso político das diferenças sociais no Brasil. Para FHC as "brechas entre ricos e pobres não devem ser aumentadas na política".

"Acho que isso é normal. Uns são mais exaltados, outros, menos. É da índole da sociedade democrática quem está no governo entender que isso faz parte do jogo," disse ao se referir aos movimentos "Cansei", de empresários paulistas e da OAB-SP e "Cansamos" da CUT.


Ladeia se licencia do cargo por até 17 dias

O prefeito Júlio César Ladeia (PR) solicitou a autorização legislativa para se licenciar do cargo por até 17 dias.


Durante este período visitará outros municípios, órgãos governamentais e instituições da iniciativa privada, com a finalidade de buscar recursos e projetos para o desenvolvimento do Município.


O pedido de autorização legislativa é uma exigência da Lei Orgânica Municipal (Art. 72, I), que também exige a apresentação de prestação de contas posteriormente à viagem do prefeito, com o envio de relatório circunstanciado à Câmara Municipal.


O vereador João Batista Neri (PSB) acaba de assumir o comando do município, em solenidade bastante prestigiada pelas autoridades locais.

Frases que me impressionam

O poder acorda a besta egoísta que dorme em cada um de nós” Jurista Fabio Konder Comparato (julho de 2007, numa entrevista para o OESP)

Em Brasília ninguém é culpado, e todos são cúmplices” Frase profética de Nelson Rodrigues (1968) relembrada pela revista Vila Cultural da Livraria da Vila

Boca que não merece beijo, pimenta nela!” Dois motoristas de táxi esperando cliente e comentando sobre alguém que fala demais (julho 2007)

TSE toma nova decisão sobre troca de partido

Também podem perder mandato os que trocaram de partido dentro da coligação.Tribunal respondeu a consulta formulada pelo deputado Ciro Nogueira (PP-PI).

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, nesta quarta-feira (1), que deputados federais, estaduais e vereadores que mudaram de partido após as eleições de 2006 estão sujeitos à perda de mandato mesmo que a troca tenha sido feita por uma legenda da mesma coligação.

O TSE julgou uma consulta feita pelo deputado Ciro Nogueira (PP-PI). Uma consulta não tem efeito prático imediato, mas serve de base para julgamentos futuros. A decisão da corte amplia entendimento anterior sobre o tema.

Em março, o TSE decidiu que o mandato de deputados federais, estaduais e de vereadores pertence ao partido pelo qual o candidato foi eleito e não ao candidato. Na época, o TSE julgou uma consulta feita pelo Democratas (DEM).

O posicionamento do TSE abriu precedente para que partidos pedissem de volta, na Justiça, a vaga daqueles que trocaram de partido. A palavra final deverá ser do Supremo Tribunal Federal (STF).

A mais alta corte do país vai julgar mandados de segurança do DEM, do PSDB e do PPS, que reivindicam as vagas dos parlamentares que mudaram de legenda. Não há previsão para o julgamento.

Matérias relacionadas: