16 de agosto de 2007

Júlio César recebe homenagem no Paraná

O prefeito de Tangará da Serra, Júlio César é um dos 40 prefeitos homenageados durante o 1º Encontro Nacional de Empregabilidade que teve início nesta quinta-feira e se encerra amanhã, em Curitiba (PR).

A homenagem está sendo concedida aos municípios que se destacaram em levantamento realizado com base nos resultados do CAGED - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho.

Ronaldo Borges do Instituto Master Visão, disse que Tangará da Serra foi apontado pelo CAGED, como um dos municípios que mais gerou empregos nos últimos 12 meses no estado do Mato Grosso.

Liderança e carisma, o que é isso?


A melhor definição que encontrei está num artigo do escritor e jornalista Gilberto de Mello Kujawski. Vamos lá. Em primeiro lugar ele marca uma diferença entre liderança e carisma. “De maneira alguma, carisma e liderança são sinônimos”, afirma o professor.

E argumenta que nem sempre o carisma garante a liderança de um político, “sua capacidade de assumir o comando e de governar com pulso firme”.

Ele cita alguns exemplos. Richard Nixon tinha liderança, mas era zero de carisma. John Kennedy tinha ambos. O que falar de Bush? O professor diz que é difícil definir o carisma. “Envolve a sedução pessoal, mas ela só não basta”, diz ele. E continua: “O carisma requer a crença maciça, a entrega incondicional da sociedade ou de parte dela ao messianismo do chefe”.

Mais exemplos. Entre os militares, diz o jornalista, o “Duque de Caxias transparecia carisma e liderança. O marechal Floriano possuía liderança, mas pouco ou nenhum carisma”.
Liderança para o professor é saber mandar, não pela força nem pela imposição unilateral da vontade, e sim com base em consenso. “O líder tem pulso firme, sabe segurar o rojão, antecipa os acontecimentos, não vai a reboque deles. O líder enxerga”, diagnostica o professor Kujawski.

E diz que a primeira coisa que distingue um líder dos demais é a capacidade de organização das prioridades, principalmente quando há uma crise. Separar o joio do trigo, estabelecer a ordem das prioridades é parte das habilidades dos líderes.

O verdadeiro líder, segundo o articulista, não “submerge nas horas difíceis”. Liderança, lembra ele, não é falar grosso. O líder verdadeiro é “sóbrio na fala e sua palavra já representa a ação em curso, e não bravata”, diz o professor.

Para finalizar, o jornalista resume de forma interessante esses dois aspectos da personalidade humana. Diz ele: “a diferença é que o carisma constitui um crédito concedido pelo povo ao seu representante, e a liderança só depende das qualidades intrínsecas ao líder. O carisma é feito pelo povo, a liderança é obra do próprio líder”.

Às vezes o povo é muito generoso com seus líderes concedendo-lhes um crédito e não encontra eco suficiente na competência dos eleitos no exercício da liderança.

E você como analisa essa questão?

Assessora parlamentar vive dia de índio em Aldeia de Tangará


A assessora parlamentar e formanda em Pedagogia (Faculdade de Educação de Tangará da Serra) Maria Santos, acaba de viver grandes experiências em visita que realizou a uma comunidade indígena de Tangará da Serra. A publicação da imagem é para recordação e homenagear os outros 52 formandos que com ela estiveram nesse dia de aventura e muito aprendizado.

Elvis Presley, a lenda do rock




Uma lenda do rock não pode morrer. No dia seguinte a seu falecimento, Elvis Presley começou a fazer aparições em todos os cantos do planeta. De tempos em tempos, ele é visto fazendo algo bizarro ou extremamente banal.

Não há provas destas visões, apesar de existir uma recompensa de 3 milhões de dólares para quem apontar provas concretas de que Elvis ainda vive. Esta recompensa é oferecida pelo grupo de apostas da Grã-Bretanha William Hill, criada devido ao documentário "A verdade sobre Elvis", que será lançado nos próximos meses.

Trinta anos depois da sua morte, e quando Elvis teria hoje 72 anos, uma quantidade considerável de norte-americanos segue convencida que "O Rei" não está morto. Segundo uma pesquisa da rede de televisão CBS, aproximadamente 7% dos norte-americanos acredita que ele está vivo, o que representa quase 20 milhões de pessoas.

Elvis Aaron Presley morreu no dia 16 de agosto de 1977, aos 42 anos, por overdose de barbitúricos, na banheira de sua mansão, Graceland, em Memphis, nos Estados Unido.
Elvis está vivo e mora na Argentina, diz revista
Fãs fazem vigília em Graceland
Britânico quer bater recorde vestido de Elvis
Exposição exibe objetos do Rei na Alemanha
Filha de Elvis vai cantar "In the Gueto" com o pai
A origem do "Rei do rock"
Marca Elvis ainda gera lucro
Elvis vendeu mais de 1 bi de disco

PHS em Tangará repercute na mídia estadual

A divulgação nesta quarta-feira (15) da fundação do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) em Tangará da Serra é destaque em diversos veículos de comunicação do estado de Mato Grosso.

Diário da Serra - Tangará da Serra
O Documento - Várzea Grande
Repórter News - Nortelândia
Barra do Bugres News - Barra do Bugres
Poconet - Poconé

Atualização ainda nesta manhã.

Divórcio partidário só depois de quatro anos


O Plenário da Câmara aprovou na terça-feira (14/08), por 292 votos a 34 e 3 abstenções, o texto principal do projeto de lei complementar (PLP 35/07) que trata da fidelidade partidária.

O projeto torna inelegíveis por quatro anos os políticos que tenham mudado de partido nos quatro anos seguintes à sua diplomação pela Justiça Eleitoral.

A regra atinge eleitos para mandatos tanto no Poder Executivo quanto no Legislativo.
Agora é assim: divórcio partidário só depois de cumprido o mandato.

Alguém se arrisca a fazer um comentário?