5 de setembro de 2007

A fumaça nos castiga em Tangará da Serra


A fumaça e a poeira, como nuvem, cobrem nossa Tangará da Serra nesta época do ano.

Tenho ouvido muita gente reclamando do problema.

É verdade que quem sofrem mais com a situação, são idosos e crianças.

Mas, eu também, não estou suportando.

Queira Deus, que uma tesuda chuva caia o quanto antes nesta região de Mato Grosso!

Doutra sorte, nosso sofrimento continuará...

Adeus Renan, já vai tarde!

Charge de Clayton publicada hoje no jornal O Povo.

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar aprovou, nesta quarta-feira (5),relatório dos senadores Renato Casagrande (PSB-ES) e Marisa Serrano (PSDB-MS) que considera procedente representação do PSOL contra o presidente do Senado, Renan Calheiros, e sugere a perda de mandato do senador por meio de projeto de resolução, conforme prevê o Código de Ética e Decoro Parlamentar. Perde ou não perde? Acredito que sim.

O PT se vendeu mesmo a Blairo Maggi

Governador Blairo Maggi trancado numa sala do Palácio Paiaguás com os "petistas" Ságuas Moraes, Alexandre César e Carlos Abicalil?

Flagrados nesta terça-feira (04) em tal situação pelo ex-ministro das Cidades e ex-governador do Rio Grande do Sul, Olívio Dutra (PT)?

O que o governador estava tramando com os "mandatários" do pestismo de Mato Grosso?

Leia mais clicando aqui

Cresce onda de denuncismo em Tangará

Cresce a onda de acusações e disse-disse em Tangará da Serra.

Isso não deveria estar acontecendo, principalmente em momento tão favorável para o desenvolvimento do município.

Assim, peço calma e mais serenidade à classe política. Nós estamos há mais de ano das eleições e os senhores já estão nesse pé-de-guerra, posso até prevê o que virá pela frente.

Devemos trabalhar unidos pelo crescimento e o desenvolvimento de Tangará da Serra, nossa principal bandeira.

As picuinhas só atrapalham, trazem desgastes e causam muita depressão nos poderes e, sobretudo, na sociedade.

Entendo que os eleitores estão de olhos em todos nós. E saberão separar o joio do trigo no futuro. Por isso, todo cuidado é pouco com acusações contra quem quer que seja.

O feitiço sempre acaba virando contra o feiticeiro.

Cultura nordestina no Tangará em Destaque nesta quarta-feira

Às 18, desta quarta-feira, este bloggueiro será o entrevistado do programa Tangará em Destaque na TV Independência, afiliada da Rede TV!.

O apresentador Kiko Padovanni, estreiou o programa, nos moldes do Programa do Jô, na semana passada.

O espaço de meia hora das quarta-feiras é para discutir a diversidade cultural.

Como sou nordestino do Rio Grande do Norte e vice-presidente do Centro de Tradições Nordestina - CTN, de Tangará da Serra, estarei respondendo perguntas sobre o jeito de ser e de viver do povo dessa região do País.

Em tempo: convido meus amigos para assistirem o programa, tendo assim, a oportunidade de conhecer um pouco mais de nossa cultura.

Ministro Joaquim Barbosa renova esperanças do povo Brasileiro


O trabalho deste ministro do Supremo Tribunal Federal está mundando a cara do Judiciário brasileiro.

Sua ação no combate à corrupção praticada por políticos nacionais renova em cada um dia nós a crença que a Justiça funciona.

E o mais gratificante, é que dessa vez funciona também para punir os chamados intocáveis.

Joaquim Barbosa, vossa excelência é a autoridade brasileira por quem mais tenho respeito neste País.

Seu exemplo de coragem, acatando denúncia contra os que saquearam a Nação, abre uma janela boa para o futuro de nossos filhos que precisarão firmar suas ações em alguém confiável.

Para saber mais quem é o Ministro acesse aqui

Parlamentares mato-grossenses na lista negra do STF

Os deputados federais mato-grossenses Carlos Bezerra (PMDB) e Pedro Henry (PP) estão na lista negra do Supremo Tribunal Federal.

As investigações sobre Henry pairam sobre o inquérito de número 2245, onde o parlamentar foi convertido em réu pelo STF na semana passada, no caso do mensalão.

Pedro Henry responderá a ação penal por formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro

No inquérito de número 2500, Bezerra responde por crime contra a administração pública.