17 de setembro de 2007

MT derrubou 76 quilômetros quadrados de floresta em Julho


Entre agosto de 2006 e julho de 2007, tombaram em Mato Grosso 2.512 quilômetros quadrados de floresta amazônica. O que significa uma redução, em relação ao mesmo período de 12 meses anterior, de 59%.

Em compensação, nos últimos três meses do período analisado --maio, junho e julho deste ano--, o corte da floresta cresceu em 200%, comparado ao mesmo período de 2006.

No mês de julho de 2007, por exemplo, o derrube atingiu "apenas" 76 quilômetros quadrados.

As propriedades rurais que estão fora do sistema de licenciamento ambiental do Estado, no qual propriedades são monitoradas por satélite, protagonizaram 50,31% do desmatamento.

O segundo vilão da lista são os assentamentos de reforma agrária, com 14,02%.

Como disse na semana passada: IBAMA e SEMA não funcionam em Mato Groso.

Fonte: Folha Online

MT: Bacharéis em Direito têm o terceiro pior desempenho no Brasil

Os bacharéis em Direito de Mato Grosso têm o terceiro pior desempenho no Brasil. É o que revela os últimos números do Exame de Ordem, realizado simultaneamente em 20 estados pela Fundação Cespe, da Universidade de Brasília.

Dos 1.243 inscritos, 267 foram aprovados, o que representa 21,85%. Foi o segundo Exame de Ordem realizado este ano.

O resultado refere-se apenas à primeira fase, ou seja, a tendência é que esse número caia ainda mais com a aplicação das provas objetivas.

LEIA MAIS AQUI

Congresso da palhaçada


Charge do Myrria publicada nesta segunda-feira no jornal A Crítica. Não há mais como o Senado ser levado a sério depois da absolvição de Renan Calheiros (PMDB/AL). Posso ser apenas um brasileiro entre os 180 milhões, mas não posso deixar de continuar externando minha indignação com o que aconteceu na semana passada. Ficarei de luto por um bom tempo...

Bloggueiro recebido em festa promovida por gaúchos

Patrão Élio Giongo, Jorn Dorjival Silva, Jaci Gentil de Carli e esposa Olires Lúcia Michelon

Agradeço a gentileza dos patrões do Centro de Tradições Gaúchas de Tangará da Serra, pela calorosa receptividade dispensada para minha família e todos os nordestinos que comigo estavam neste domingo, prestigiando a Semana Farroupinha, promovida pela entidade neste município. Gaúchos e Nordestinos trabalham uma maior aproximação de cooperação mútua visando o enriquecimento da cultura regional.