11 de outubro de 2007

Leliane Hernandes residindo em Portugal


A ex-primeira Dama de Tangará da Serra, secretária Executiva Leliane Hernandes, está residindo em Portugual. Convertida na Igreja Batista Nacional, foi convidada para fazer missões na Europa. A imagem mostra a missionária numa de suas viagens à Espanha.

Quanto custa um deputado federal para nossos bolsos

Chega ser vergonhosa a montanhosa soma de dinheiro que sai dos cofres brasileiros mensalmente para cobrir despesas dos parlamentares federais. Até quando teremos que conviver com essa sacanagem praticada contra a massa trabalhadora?
Fonte: Blog da Yara

Frase do dia

"Renan está tranquilo. Pelas contas que faz, apenas cinco senadores não têm o rabo preso com ele."(Senador Inácio Arruda, PCdoB-CE)

Preso em Coxim traficante que vinha com drogas para Tangará da Serra

O repórter Sidney Assis, de Coxim (MS) informa que Sandro Gomes de Lima, 25, foi preso ontem à noite em sua cidade, durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal na BR-163, conduzindo 50 kg de maconha.

O traficante se encontrava em um ônibus da Viação Andorinha que vinha com destino a Tangará da Serra.

A droga seria distribuída na cidade de Juína – MT.

Lima informou ter adquirido a droga em Ponta Porã, seguindo até Campo Grande com o auxílio de um “batedor”.

Na capital sul-matogrossense, ele embarcou com destino a Mato Grosso.

O entorpecente, segundo ele relatou, foi adquiriu por R$ 3 mil na fronteira com o Paraguai, e que o venderia em Juína por R$ 24 mil.

O repórter informa também que Lima é foragido de um presídio paulista, onde cumpria pena de dez anos por assalto. Em sua ficha constam duas passagens pela polícia por assalto e uma por furto.

Diretor do SAMAE preparado para esclarecimentos

Bom dia! Céu claro e visibilidade boa em Tangará da Serra.

Nesta manhã, o diretor afastado do Serviço Autônomo Municipal de Águas e Esgotos - SAMAE, Jeférson Luiz de Lima, presta esclarecimentos na Comissão Especial de Inquérito - CEI, instalada pela Câmara Municipal, para apurar algumas denúncias contra a autarquia.

Jeférson está tranquilo e preparado para responder as mais de 50 perguntas elaboradas previamente pelos membros da CEI.