3 de novembro de 2007

Os 10 mandamentos do líder

1) Respeitar o ser humano e crer nas suas possibilidades, que são imensas

2) Confiar no grupo mais do que em si mesmo.

3) Evitar críticas a qualquer pessoa em público, procurando sempre elogiar diante do grupo, os aspectos positivos de cada um.

4) Dar a cada um o seu lugar, levando em consideração os seus gostos, interesses e aptidões pessoais.

5) Estar sempre dando o exemplo, em vez de ficar criticando o tempo todo.

6) Evitar dar ordens, procurando a cooperação de cada um.

7) Não assumir, mesmo de maneira provisória, a iniciativa de um trabalho que pertença a outrem, mesmo pensando que faria melhor.

8) Consultar os membros do grupo, antes de tomar uma decisão importante que envolva interesses comuns.

9) Antes de agir, explicar aos membros do grupo o que vai fazer e porquê.

10)Ao presidir uma reunião não falar demais monopolizando o tempo e o assunto da reunião, mas sim coordenar/guiar os debates para obter as decisões do grupo, registrando-as imparcialmente.

Autor: NILTON PEDREIRA
Fonte: Própria

Novas do dicionário


- Acordo: composição admirável da oposição com um governo que ela chama de abominável.
- Amizade: sentimento de fraternidade eterna que tucanos e ‘demos’ nutrem um pelo outro enquanto esperam pelo rompimento definitivo.
- Brasil: um belo ponto no mapa, ideal para erguer uma nação.
- Cabide: artefato público no qual são pendurados os interesses privados.
- Cabral: o grande culpado.
- Cegonha: meio de locomoção que conduz às páginas da Playboy.
- CPMF: contribuição provisória que conserva a Saúde do Tesouro em permanente ordem.
- Democracia: sistema de governo que permite à burguesia terceirizar o poder a um operário.
- Dúvida: vocábulo que separa os tolos em dois grupos: os que duvidam de tudo e os que não duvidam de nada.
- Espelho: superfície refletora na qual um tucano enxerga um petista e vice-versa.
- Estado: Ente que cria os tributos que ele mesmo vai arrecadar e desviar.
- Fidelidade: sentença do TSE que, confirmada pelo STF, obriga o político a conter as suas pulsões partidárias.
- Firmeza: qualidade atribuída aos que hoje são contra tudo aquilo que amanhã defenderão enfaticamente.
- Governo: um mal cada dia menos necessário.
- Hipocrisia: a sinceridade depois da queda da máscara.
- História: conjunto de mentiras que deram certo na vida.
- Incompetência: inabilidade que, em Brasília, é exercida com refinada competência.
- Indignação: cólera que acomete o brasileiro no intervalo que separa um Carnaval do outro.
- Jornal: rascunho do dia passado a sujo.
- Leite: mistura de ácido com água oxigenada, acrescida de gotas de uma substância extraída das tetas da vaca.
- Ladrão: o político do outro partido.
- Mentira: uma verdade à espera da melhor ocasião para acontecer.
- Nostalgia: saudade dos tempos em que laranja era só uma fruta.
- Orçamento: documento que discrimina a receita e relaciona as despesas públicas que vão sair pelo ladrão no exercício seguinte.
- Partido: agremiação política integralmente financiada pelo déficit público.
- Quadrilha: uma repartição pública negociada privadamente.
- Radical: um moderado que ainda não chegou ao poder.
- Razão: faculdade daquele que tem a caneta e a chave do cofre nas mãos.
- Semântica: vista com uma dose de otimismo, conduz à conclusão de que todas as letras de possível estão contidas no impossível.
- Tucano: ave de gaiola, que Lula decidiu alimentar.
- Unanimidade: a incapacidade individual multiplicada pela nulidade de todos os que compartilham das mesmas idéias.
- Vantagem: benefício concedido àqueles que, não tendo salário, não precisam pagar a CPMF.
- Xadrez: um tabuleiro que não foi feito para os que têm sensibilidade de damas.
- Zero: Elemento que, somado a outro de mesmo valor conduz ao oco do vazio.
Fonte: Josias de Sousa

Tamanho do abacaxi de Nelson ‘carta branca’ Jobim


Da seção Radar, de Veja (só assinantes):

"Nelson Jobim conseguiu, finalmente, mandar Milton Zuanazzi para casa. Os problemas que ele tem pela frente, contudo, são maiores que a substituição de um incompetente da Anac. Em primeiro lugar, a questão dos controladores de vôo está longe de ter sido resolvida. Segundo o alto-comando da Aeronáutica, os controladores têm aproveitado os dias de clima mais instável para atrasar os vôos. Não é só. Os aeroportos brasileiros estão desrespeitando uma norma internacional que exige a realização de inspeções automáticas para a detecção de explosivos e armas nas malas despachadas nos aviões que vão para os EUA e a Europa. O prazo dado pelas entidades internacionais expirou em janeiro. Em volta de Jobim só há abacaxis – estragados."

Ilustração: via blog do Baptistão, que vale a sua visita.

Leliane Hernandes é a aniversariante deste sábado


A Secretária Executiva Leliane Hernandes, com residência em Portugal, é a aniversariante deste sábado (03.11). Para esta esta excelente pessoa, nosso carinho e admiração. Tin Tin, grande mulher! Receba a homenagem de todos os tangaraenses que te amam...