9 de novembro de 2007

Santa de cimento e ferro recepcionará visitantes de Tangará


A Igreja Católica Romana de Tangará da Serra mandou construir uma estátua de Aparecida, padroeira do Brasil e do Município, para afixá-la ao lado da histórica Pedra Solteira, na divisa com o município de Nova Olímpia. A obra, que levou 8 dias para ficar pronta por um artesão da cidade, tem 2,8 metros de altura e pesa mais de uma tonelada. O local onde ela será posta, é conhecido pelo alto índice de acidentes automobilísticos: uma curva bastante acentuada na Serra de Tapirapuã. A imagem será vista pelos moradores de Nova Olímpia.

Iluminação especial para quem vai ao cemitério de Tangará

Parece brincadeira. Mas essa avenida de mão dupla, com canteiros de flores e iluminação especial é apenas para impressionar quem vai do contorno da avenida Tancredo Neves (bairro Vila Goiânia) ao cemitério municipal. Não há uma casa sequer de um lado ou do outro da artéria. O idealizador da obra deve ser uma pessoa que tem mais respeito pelos morto que aos vivos. Ou por outra, o Município deveria ter dinheiro de sobra à época da execução dos serviços.

Motel anuncia promoção quase à porta da Unemat

A faixa amarela afixada na cerca de arame farpado em frente da Universidade do Estado de Mato Grosso, campus universitário de Tangará da Serra, contém anúncio publicitário de um motel que acaba de ser instalado na cidade. O que estaria passando pela cabeça desse empresário? Fazer propaganda de motel em porta de Universidade...

Veja o que diz o anúncio aqui

A Foto do Dia

O lixo da Unemat ou a Unemat do Lixo
Há poucos metros do portão principal da Universidade do Estado de Mato Grosso, campus universitário de Tangará da Serra é depositado todo o lixo colhido no espaço da instituição. O problema além da péssima imagem é a fedentina exalada para os que precisam passar por perto todos os dias. A própria imagem sugere que o lixo seja depositado noutro local...