27 de dezembro de 2007

O que aconteceu com os evangélicos?

Quando Paulo Romeiro escreveu Evangélicos em Crise em meados da década de 90, ele apenas tocou em uma das muitas áreas em que o evangelicalismo havia entrado em colapso no Brasil: a sua incapacidade de deter a proliferação de teologias oriundas de uma visão pragmática e mercantilista de igreja, no caso, a teologia da prosperidade.

Fica cada vez mais claro que os evangélicos estão atualmente numa crise muito maior, a começar pela dificuldade – para não falar da impossibilidade – de ao menos se definir hoje o que é ser evangélico.

Leia o artigo todo aqui

RD News destaca os campeões em faltas na Câmara


De acordo com o site, Homero Pereira (PR), em que pese ter permanecido de licença por problemas de saúde durante dois meses, fechou o ano legislativo como campeão de faltas entre os oito deputados federais mato-grossenses.

De 128 sessões, o presidente licenciado da Famato faltou a 38 (29%) - confira no quadro.

No mês passado, um balanço sobre a presença dos parlamentares na Câmara já apontava o republicano na lista dos mais faltosos - confira aqui.

Palhaço será candidato a vereador em Cuiabá


José Messias Pereira, o palhaço "Cumpadre Banga" será candidato a vereador pelo DEM em Cuiabá. As boas figuras começam a aparecer...

Elite da rede pública supera alunos da particular

Os melhores alunos da escola pública tiveram nota maior que os estudantes da rede particular no último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Estudo feito pelo Ministério da Educação (MEC) mostra que a diferença na média passa dos nove pontos na prova de redação.

Na prova objetiva, o grupo da rede pública teve nota 68,77, enquanto o da particular ficou com 68,72.

O estudo considerou os 149.430 alunos de escola privada que concluíram o ensino médio em 2006 e participaram do exame.

As notas desse grupo foram comparadas às dos 149.430 melhores formandos da rede pública.

Leia mais aqui

Sorria com a charge-okê do dia

Situação dos "infiéis" cada vez mais crítica

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se prepara para julgar os cerca de 2 mil processos de cassação contra políticos “infiéis” em todo o país.

A previsão resulta do bolo de requerimentos protocolados na primeira fase junto aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de todo o país e é encorpada por pedidos protocolados em Mato Grosso.

Desmatamento cresce 130% em Mato Grosso

Menos de um mês após o governo federal anunciar a queda do desmatamento em todo o Brasil entre setembro de 2006 e o mesmo mês 2007 - e de forma significativa em Mato Grosso -, dados do Projeto de Monitoramento da Floresta Amazônica Brasileira por Satélite (Prodes) mostram que nos últimos seis meses o índice de desmatamento em Mato Grosso cresceu 130%, ficando atrás apenas de Rondônia, onde o aumento foi de 600%.

Para a ong ambientalista Greenpeace, esse aumento provavelmente se deve à expansão na produção agrícola e pecuária.

A hipótese foi reforçada por dados apresentados recentemente pelo IBGE no Censo Agropecuário, realizado no início de 2007.

As informações levantadas pela pesquisa mostram que a área de lavouras na região Centro-Oeste teve aumento significativo em relação ao ano de 2006.

Leia mais aqui

Fonte: DC

126 milhões já estão aptos a votar

O último levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), divulgado em setembro, revela que estão aptos a votar 126.498.921 brasileiros.

Dos 100 maiores colégios eleitorais, 29 estão no Estado de São Paulo. A capital conta com 8.038.625 eleitores.

A segunda cidade do país em número de pessoas aptas a votar é o Rio de Janeiro, com 4.510.902.

Além da capital fluminense, outros nove municípios do Rio de Janeiro estão entre os 100 maiores colégios eleitorais.

Minas Gerais tem 9 cidades nessa lista, incluindo o terceiro maior colégio eleitoral do Brasil - Belo Horizonte -, com 1.733.878 eleitores.

Salvador (BA) aparece em quarto lugar em número de aptos a votar (1.697.294).

UFMT oferece 515 vagas e 190 são só para o campus em Cuiabá

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) abriu 515 vagas em 53 cursos de graduação para universitários oriundos de outras instituições de ensino ou para mudança de curso dos acadêmicos da instituição.

São 190 vagas apenas no campus de Cuiabá.

Há 29 vagas para o curso de Ciências Sociais, 10 vagas para Direito, além de Administração (11), Radialismo (18), Ciências Biológicas (10), Ciências da Computação (4), Letras (15), História, Medicina Veterinária (4), Agronomia(3), Nutrição (4), Ciências Contábeis (5), Educação Física (8), Geologia (35), Economia (6), Engenharia Elétrica (8), Matemática (8) e Pedagogia (3). Também há vagas em aberto nos campi de Rondonópolis, Sinop e Pontal do Araguaia.

Mais informações aqui

VOTE: Seleção de belas imagens

Para você que é fã de belas imagens, não perca a oportunidade de escolher a fotografia mais interessante de 2007.Vote clicando aqui!.