6 de fevereiro de 2008

Internet péssima

Nossa internet está péssima nesta tarde. Tão lenta está que nos deixa sem condições mínimas para postagens. Minhas desculpas ao nobre webleitor e à valorosa webleitora.

Câmara confere Moção de Aplausos para Moisés Bispo

O poeta tangaraense Moisés Bispo dos Santos, autor do samba enredo do carnaval local, recebe da Câmara Municipal nesta quarta-feira 6, moção de aplausos por sua grandiosa cooperação artística para a festa de Mono.

A homenagem também será estendida para o intérprete da música, cantor Valmor Favetti – Favetinho.

De parabéns o autor da Moção.

Não abrigo a menor dúvida que a composição de Moisés, enfocando os 100 anos da presença japonesa no Brasil, chegue rapidamente ao conhecimento de toda aquela Nação oriental.

PT lançará vereador para concorrer prefeitura de Tangará


O Partido dos Trabalhadores de Tangará da Serra se reúne no próximo domingo, às 9h, no espaço da piscina localizado nas imediações da Feira do Produtor.

Na oportunidade o nome do vereador José Jaconias da Silva será lançado pré-candidato a prefeito.

O evento já conta oficialmente com a presença do secretário de Estado da Educação Ságuas Moraes (PT).

É certo que nomes de vários petistas serão lançados como pré-candidatos à Câmara Municipal.

Carnaval deixa saldo de seis homicídios em Cuiabá

Com mais dois homicídios registrados nesta terça-feira, o período de Carnaval termina com seis assassinados na Grande Cuiabá.

O primeiro homicídio de ontem foi registrado no bairro 1° de Março, em Cuiabá. José Marcondes de Oliveira (60) foi atingido por um pedaço de vidro, lançado pelo amigo Joari de Oliveira.

O objeto atingiu o pescoço, fazendo com que a vítima não resistisse. Joari foi preso em flagrante.
As noites de domingo e segudna-feira feira foram as mais violentas deste Carnaval, quando duas pessoas morreram por noite.

Um homicídio na sexta-feira completa as mortes registradas no período de Carnaval.

Segundo informações da PM, nenhum dos seis casos registrados tem relação direta com as festas de Carnaval. As mortes foram motivadas por brigas antigas e acerto de contas provenientes do tráfico de drogas. Documento.

O carnaval na terra dos Tangarás

O carnaval de Tangará da Serra entra para a história como um dos mais organizados até então.

A Secretaria de Turismo cuidou dos mínimos detalhes para que o evento se constituísse em pleno sucesso e foi isso mesmo que aconteceu.

Muitos seguranças. Uma praça de eventos ‘qualhada’ de policiais civis e militares, detector de metal, câmara de segurança, etc...

Entra para a história também como o que mais registrou acidentes motociclísticos.

Apesar de os números ainda não terem sido divulgados oficialmente, crê-se que mais de 20 acidentes tenham ocorrido no perímetro urbano de sexta-feira até madrugada desta quarta-feira.

Nenhuma morte, porém, foi registrada.

Começa a 'briga' pela sucessão municipal

A política tangaraense tende a esquentar consideravelmente a partir de agora.

O ex-prefeito Jaime Muraro assegura que disputará a chefia do Executivo e isso mudará completamente, o quadro comentado até aqui.

Com Jaime na disputa, não haverá duvidas: três nomes partirão para a briga de ‘cachorro doido’.

O embate deverá ser um dos mais acirrados da história político do Município.

Mesmo assim, ainda vejo o prefeito Júlio César Ladeia (PR) com mais probabilidades para ganhar as eleições. Com isso não quero dizer, que Muraro não seja um nome favorito também.