13 de fevereiro de 2008

Wagner Ramos perde a amizade da imprensa tangaraense

Percebo que o deputado estadual Wagner Ramos a cada dia que passa, torna-se mais ojerizado pela imprensa tangaraense.


Não ouço dos companheiros da imprensa local um comentário positivo sequer sobre o parlamentar.


Coisa nunca vista.


Wagner era tido no nosso meio como camarada. Gente da gente. Mas depois de eleito deputado, parece ter tomado nojo de cada um de nós.


Não nos cumprimenta, e quanto o faz, percebemos que é por simples formalidade imposta pelo cargo que ocupa.


Tangará da Serra tem dois importantes jornais diários e dois semanais. Duas rádios AM e uma FM. Quatro canais de televisão. E vários sites de notícias e blogs.


Wagner não é lembrado positivamente nem por uma linha ou palavra desses veículos de comunicação há muito tempo.


Quando quer veicular matéria de seu interesse nos veículos de comunicação local precisa pagar caríssimo.


Mais uma pergunto: o que houve com meu ex-colega de rádio que aos poucos vejo seu nome diluindo-se na descrença da gente e de toda população regional?

Agências de publicidade terão que se adequar ao Cenp

Sérgio Andrade (Serjão) da Boom Comunicação e Maurício Lamengo da Lamego Propaganda estiveram reunidos por duas horas no início desta semana. Em pauta: a regulamentação do setor publicitário em Tangará da Serra.

Administradores das duas agências mais bem estruturadas da cidade, Serjão e Maurício somam esforços no sentido de combater a “pirataria” no meio publicitário local.

A intenção é clara: ou os “piratas” saem dessa condição e se alinham de acordo com as Normas-Padrão da Atividade Publicitária ou fecham as portas.

Estou bem certo que alguns camaradas que pousam de publicitários em Tangará da Serra, brevemente perderão o falso charme.

Veja aqui quais agências de Tangará da Serra estão regularizadas.

Prefeito viaja à Porto Alegre

A assessoria de imprensa não informou, mas ouvir falar que o prefeito de Tangará da Serra Júlio César Ladeia (PR) está desde ontem em Porto Alegre (RS).

De acordo com a fonte, Júlio retornaria para o Município só na próxima semana.

Pré-candidato a prefeito com dengue

O vereador tangaraense José Jaconias da Silva (PT) também está dengoso desde o último domingo.

O pré-candidato a prefeito de Tangará da Serra, como eu, não foi perdoado pelo mosquitinho do inferno.

Jaconias se recupera bem.

Imprensa volta a 'bater' em Wagner Ramos

Vejo em jornais do Estado de Mato Grosso nesta quarta-feira, o nome do deputado Wagner Ramos (PR) sendo alvo do ridículo.

Todos os textos o apontam como um parlamentar de atuação pífia na Assembléia Legislativa.

É lamentável e também vergonhoso que uma pessoa tenha recebido tão importante oportunidade de trabalhar por nossa região e pelo Estado, e seja esse tipo de reconhecimento que vem tendo da mídia.

Meu ex-colega de rádio mudou muito depois de eleito deputado. Wagner perdeu a humildade, a gentileza de um menino pobre do interior, e pelo que tudo indica, o sonho de contribuir para alterar nossa sofrida região.

Tenho ouvido de grande parte dos seus eleitores a mesma coisa: Wagner só queria uma oportunidade para se dar bem na vida e nada mais.

Como o personagem de Justo Veríssimo dizia: “O resto que se exploda!”

Aconselho ao ex-colega voltar ser aquela pessoa que conheci há quatro anos. Era um wagner gentil e especial. Atencioso e sempre pronto para contribuir com os necessitados.

Bem diferente do carrancudo. Orgulhoso. Prepotente. Arrogante, e sem o menor carinho com os que trabalharam duro para vê-lo eleito deputado.

Prezado Wagner anote isso: a roda, roda. E a fila anda. Hoje você é apenas a bola da vez.

Jornalista nocauteado pela dengue

O mosquito Aedes Aegypti me nocauteou na última segunda-feira. Dengoso, estou comendo o pão que o diabo amassou.

Nos três primeiros dias tive muita febre alta. Mas o pior mesmo, é ter que suportar a quebradeira no corpo.

A impressão que tenho é que fui pisoteado por um touro. Deus me livre de outra enfermidade tão cruel como está.

Livre também até mesmo meus poucos adversários.