5 de abril de 2008

Educação para resolver os problemas no trânsito

Cada vez mais crítica a situação do trânsito de Tangará da Serra. A desorganização e a falta de investimento em campanhas de conscientização estão deixando os moradores da cidade cada dia mais expostos ao perigo.

Inúmeros são os acidentes que ocorrem semanalmente. Alguns deles com vítimas fatais.

Venho insistindo através de meu programa de rádio - Jornal da Comunidade - que para resolver a situação não basta o que está sendo feito.

Tenho dito que faixas de pesdestres, sinaleiros, placas, guardas municipais, multas, panfletos, etc, não passam de ações paliativas.

Para resolver o problema o poder Executivo municipal teria que investir pesado na formação de uma equipe de educadores profissionais com suporte de uma superintendência de educação para o trânsito.

Essa equipe faria um trabalho sistemático, didático-pedagógico juntos a todos setores da sociedade. Visando levar a todos para um processo de conscientização sobre o respeito à vida.

Para saber mais sobre o que penso deste assunto ouça o comentário que fiz na última quinta-feira, através de meu programa de rádio na Nova Horizonte FM - 98.9

Secretários tangaraenses deixam prefeito a ver navios

Não havia visto secretários municipais mais ingratos com o chefe do Executivo iguais aos de Tangará da Serra.


Mesmo tendo recebido todo respaldo possível do prefeito Júlio César Ladeia - para desenvolvimento de boa gestão, agora convocados para ajudá-lo no processo de sua reeleição, um por um começou cair fora.


Chega ser lamentável e uma feiura sem tamanho desses secretários.


E uma gestão fica no ar: Por que esses secretários não querem ser candidatos ao Legislativo Municipal mesmo sabendo que terão todo apoio necessário do prefeito?


A impressão passada é que eles não estão rezando na cartilha do prefeito. Pode estar havendo variações.


Penso que, como não querem ser candidatos para ajudar ajuntar votos para o prefeito, deveriam pedir demissão. Seria muito menos vergonhoso.