18 de junho de 2008

Charge do Dia

Charge de Jorge Braga publicada nesta quarta-feira (18) no jornal O Popular de Goiània (GO). Se não tivesse o rabinho de capeta até que dava para esconder o passado podre. Mas, "Vai vendo"...

Adriana é a aniversariante desta quarta-feira

A estudante tangaraense Adriana, para os amigos, Drika, está celebrando nesta quarta-feira (18/06/08) seus 15 aninhos de vida. A família está super feliz e por isso mesmo aproveita a data para render homenagens à menina-moça. Grande homenagem também dos seus colegas da escola João Batista onde cursa a primeira série do ensino médio. Parabéns Drika....Tintim!!!

Estudantes da escola João Batista assistem aulas à moda caipira

Raquelly representou com toda categoria o jeito de ser caipira durante as aulas na manhã desta quarta-feira (18) na escola estadual Prof. João Batista em Tangará da Serra. As estudantes Maíra e Rayane deram um show de alegria para os colegas do colégio. Veja mais imagens aqui

Conheça a origem da palavra "candidato"

Na Roma Antiga, os candidatos a cargos eletivos vestiam uma toga branca como forma de identificá-los e diferenciá-los dos demais cidadãos romanos.


Por que os candidatos vestiam a toga de cor branca e não de outra cor qualquer? Eis aí a questão fundamental.


A palavra candidato vem do latim candidatus, que significa aquele que veste roupa branca.


Quer dizer que, em sua origem, a palavra dá idéia de pureza, de brancura, de honestidade, isto é, para candidatar-se a um cargo eletivo, o cidadão precisava ser candidatus, ou seja, vestir-se de branco, como símbolo de sua idoneidade moral, para ser eleito.


Como as coisas mudaram! Ou, como diriam os antigos romanos: “Quantum mutatus ab illo!” Porque, nos dias atuais, parece que o “rouba, mas faz”, é um modismo, infelizmente!


Para muitos candidatos, em vez da cor branca, ficaria melhor vestir-se de preto, do latim niger (lembra-se da cerveja niger?).


O candidato vestir-se-ia com uma beca preta, aquela usada nas formaturas! Pelo menos, ele mostraria aos eleitores sua verdadeira “face”, sua verdadeira idoneidade moral.


Concorda ou não? Opine!!!

Caju e Castanha(Ladrão Besta e o Sabido)

Prefeito corrupto é preso no interior do Pernambuco

O prefeito de Toritama, município de cerca de 30 mil habitantes no agreste pernambucano, José Marcelo Marques de Andrade e Silva (PPS), foi preso na manhã de ontem por agentes da Polícia Federal dentro da Operação Gestão Plena, acusado de desviar recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).

Também foram presos, de forma temporária, a secretária de Administração, o contador e o tesoureiro do município, além de dois ex-funcionários terceirizados da Secretaria estadual de Saúde.

Eles estão na sede da PF, no Recife.

"Ficha Suja" será divulgada pela TV

Sem poder para barrar a candidatura de políticos com ficha suja na Justiça, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começaram a discutir ontem a possibilidade de divulgar na internet ou na televisão a lista de processos a que cada candidato responde.

A proposta partiu do presidente do tribunal, ministro Carlos Ayres Britto, que defendia a idéia de que a Justiça Eleitoral deveria impedir esses políticos com ficha corrida de se candidatar.

Ayres Britto diz que, por essa alternativa, a Justiça Eleitoral poderia dar ao eleitor informações sobre a vida pregressa dos candidatos, sem nenhum empecilho legal.

A legislação, de acordo com o ministro, define que os candidatos devem entregar uma certidão criminal ao TSE.

Nilson Santos assume cadeira que pertenceu a Walter Rabello

Toma posse efetivamente amanhã, 19, como deputado estadual, Nilson Santos (PMDB) na vaga aberta com a extinção do mandato do deputado estadual, Walter Rabello (PP) cassado pela Justiça Eleitoral sob a bandeira da fidelidade partidária. Rabello deixou o PMDB para se filiar ao Partido Progressista por onde pretende se candidatar a prefeito de Cuiabá em outubro próximo, já que a decisão da Justiça Eleitoral não o torna inelegível.

Rogério Silva deputado a partir de hoje

O ex-deputado federal Rogério Silva (PP) deverá assumir hoje uma cadeira na Câmara dos Deputados, em substituição ao deputado federal Pedro Henry (PP), que se licenciou por 121 dias. A decisão de deixar temporariamente Brasília foi tomada pelo parlamentar progressista para que possa dedicar, nos próximos três meses, ao projeto de reeleição do prefeito de Cácares, Ricardo Henry (PP), seu irmão.

MP adota pacote contra corrupção

O Ministério Público Eleitoral de Mato Grosso está adotando um pacote de medidas anticorrupção.

Está se reunindo com juízes, partidos e pré-candidatos para regulamentar conjuntamente com os entes do processo político a atuação de cada um para evitar os crimes eleitorais.

Nesta segunda-feira (17), representantes dos partidos políticos de Tangará da Serra estiveram reunidos com a Justiça Eleitoral.

Na oportunidade foi firmado um acordo referente a não explosão de foguetes, antes, durante e depois de "comíssios" e reunições de cunho partidário.

Envolvidos com a Operação Termes são afastados de cargos

Os servidores públicos envolvidos na Operação Termes deverão ser suspensos da função até domingo (22).

A decisão foi tomada ontem pelo juiz federal Julier Sebastião da Silva a pedido do Ministério Público Federal (MPF).

Segundo o documento, a formalização da denúncia significa a presença de materialidade e indício de autoria por parte dos réus.

A operação, realizada pela Policia Federal (PF) no dia 30 de abril, desarticulou um esquema de exploração ilegal de madeiras nobres na região Norte de Mato Grosso.

Os envolvidos são acusados de facilitar, por meio de corrupção, a extração e transporte de produtos florestais.

Eles adulteravam os documentos, certificando madeira de comercialização proibida como espécie permitida por lei.Com informações da Gazeta Digital.

Unger anuncia parceria entre Incra e Exército na Amazônia

O ministro de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger anunciou nesta terça-feira (17), que o Exército Brasileiro deve ajudar no trabalho de regularização de terras na Amazônia junto ao Incra.

Essa parceria será estabelecida dentro do novo programa do governo para a região, o PAS (Plano Amazônia Sustentável).

Segundo o ministro a regularização fundiária e zoneamento ecológico e econômico será a primeira das sete medidas que farão parte do plano.

O segundo ponto do PAS serão as medidas de combate ao desmatamento e de reflorestamento, que também podem contar com a ajuda do Exército.

Dentro disso, o governo tratará das regras de reserva legal. (Com informações da Folha Online)