3 de julho de 2008

O rosto 'pobre' de Tangará da Serra

Este idoso, nome preservado, embriagado, dormia sobre um banco da praça da prefeitura de Tangará da Serra, na tarde desta quinta-feira (03). Ele não é o único que vive em tal situaçao em nosso Município. Um grave problema social que vem sendo tratado sem uma política pública contundente. Lamentável.

Professores de MT aprovam piso de R$ 950

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep) considerou uma vitória a aprovação do piso salarial em R$ 950. A aprovação foi nessa quarta-feira (2), no Senado Federal, em Brasília.

O Projeto de Lei 11.494/2007 estabelece o piso de R$ 950 para professores da educação básica da rede pública de ensino e, agora, vai à sanção presidencial.

"Embora o Estado deva oficializar o piso de R$ 1.050 até o fim deste ano para a maioria dos municípios é uma revolução", comentou o presidente Sintep, Gilmar Soares Ferreira.

Quinze presos por exploraçao ilegal de madeira em Sinop

Um grupo de fiscal do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que participou da operação Arco de Fogo apreendeu 10 caminhões, dois tratores e 250 metros cúbicos de madeira em tora.

A ação foi deflagrada na madrugada desta quinta-feira (03), em 10 municípios da região de Sinop, a 503 quilômetros de Cuiabá.

A madeira, avaliada em R$ 50 mil, foi recolhida de uma exploração seletiva e de veículos flagrados no transporte ilegal de toras.

Quinze pessoas foram detidas e encaminhadas para a base da Polícia Federal e para algumas delegacias da Polícia Civil da região.

Os veículos e as toras apreendidos foram levados para o pátio da operação Arco de Fogo e para depósitos de Prefeituras parceiras.

PF faz devassa nas emendas dos parlamentares

A Polícia Federal prepara uma varredura nas emendas parlamentares destinadas aos 119 municípios investigados pela Operação João de Barro.

A intenção é verificar o trâmite dos processos, desde a participação dos deputados até a assinatura dos convênios com as prefeituras.

Investigadores que atuam na apuração dos desvios de financiamentos públicos, inclusive do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), acreditam que outros servidores da União e integrantes do Legislativo podem aparecer durante essa fase.

A PF já tem uma relação de todas as obras e liberações de recursos supostamente irregulares, já que as buscas e apreensões realizadas no dia 20 de junho estavam direcionadas para determinados documentos que podem comprovar as fraudes.“A intenção é refazer todos os caminhos”, afirma um delegado envolvido na apuração do caso.

Segundo ele, todos os convênios firmados entre prefeituras e a União serão verificados, independentemente do que já vem fazendo a Controladoria-Geral da União (CGU) e a Caixa Econômica Federal em relação a 268 contratos firmados dentro do PAC. JPM

Ministro convoca bancada mato-grossense a assumir uma postura de vanguarda

Durante a reunião com a bancada mato-grossense, realizada na manhã desta quinta-feira (3), o ministro extraordinário de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, convocou os representantes do estado a assumirem uma postura de vanguarda. “Eu espero que esse ato não se limite a um conjunto de pedidos a serem resolvidos no curto prazo”.

O ministro convocou os parlamentares mato-grossenses a construírem um projeto de estado, que resolva o problema estrutural que impacta na produção de alimento no país.

Na audiência os parlamentares falaram da a ineficiência de órgãos como o Incra e Ibama, além dos custos de produção, agravados em Mato Grosso pela distância dos portos, a falta de financiamento, os altos custos dos insumos agrícolas e as medidas ambientais adotadas para combater o desmatamento da Amazônia. JPM

Em 48h, 24 denúncias registradas no TRE

Em apenas dois dias de funcionamento, o Disque-denúncia do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) registrou 24 queixas, nove delas apenas no primeiro dia de instalação do serviço, na terça-feira. A maioria das denúncias está relacionada à propaganda extemporânea. O sistema, que funciona como aliado no combate à corrupção eleitoral, pode ser acessado através do número 0800-647-8191. O serviço é gratuito está disponível à sociedade de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h. Nos fins de semana, o eleitor pode acessar o serviço das 14h às 19h.

Charge do Dia

Charge de Flávio.

Prefeitos aceleram inaugurações

Os 90 prefeitos, dos 141 do Estado, que são candidatos à reeleição, correm para lançar e inaugurar obras até amanhã, quando a legislação eleitoral proíbe esses procedimentos. Os administradores das principais cidades de Mato Grosso, com exceção de Sinop, onde o prefeito Nilson Leitão (PSDB) não pode mais ser candidato, estão, até esta sexta-feira, com a agenda lotada de atividades administrativas.

MPE aguarda "lista suja" para acionar nome com processo

O Ministério Público Eleitoral (MPE/MT) aguarda apenas a remessa e a publicidade da lista com os gestores públicos que tiveram suas contas rejeitadas nos últimos cinco anos para acioná-los, ou seja, impugnar o pedido de registro de candidaturas.

A lista será repassada ao Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT) e divulgada pelo próprio Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Planos de Saúde antigos terão reajuste de até 7,12%

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) fixou reajuste de até 7,12% para planos de saúde individuais antigos, contratados antes de janeiro de 1999. Este é o menor índice desde 2005.

O reajuste que atinge 527 mil beneficiários - 1,07% das 49,3 milhões de pessoas com plano de saúde privada - será aplicado na data de aniversário de cada contrato firmado com a Bradesco Saúde Sul América e Itauseg.

Nos anos anteriores, esses planos foram reajustados em 9,94% (2007), 11,57% (2006) e 15,67% (2005).

Vereador Daniel: assassinado há sete anos em Tangará da Serra

Os responsáveis pela morte do vereador Daniel Lopes da Silva (Daniel do Indea) foram presos, julgados e condenados. Estão presos. Mas a cidade não esqueçerá jamais o cidadão, pai, político e amigo que foi Daniel Lopes. Imagem: Diário de Tangará.

Meu pensamento

Uma profunda análise precisa ser feita para se descobrir de quem é a responsabilidade, ou de onde vem a tamanha indisciplina dos alunos em sala de aula no município de Tangará da Serra.

Ex-deputada Celcita tem habeas corpus negado

A ex-deputada federal Celcita Rosa Pinheiro da Silva (DEM/MT), teve seu pedido de habeas-corpus preventivo negado pela Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça.

A ex-deputada foi denunciada pelo envolvimento no esquema de fraude descoberto pela Operação Sanguessuga, esquema de desvio de verbas dos recursos da União destinados à área de saúde.

Segundo o relator do processo, ministro Napoleão Nunes Maia Filho, não há ilegalidade na denúncia, que descreve satisfatoriamente a conduta da acusada, uma vez que, em caso de crimes plurissubjetivos, não se exige denúncia individual.

Celcita, denunciada por formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro juntamente com 64 parlamentares, foi acusada de desviar recursos de, pelo menos, 11 estados na aquisição de unidades móveis de saúde, movimentando recursos federais que chegam a R$110 milhões.

A defesa da ex-deputada interpôs pedido de liberdade preventiva e trancamento da ação penal, alegando constrangimento ilegal, por impedimento de defesa antes do interrogatório da acusada.