5 de julho de 2008

Candidatos a prefeito de Tangará podem ser impugnados pelo MPE

Jaime Muraro (DEM) e Júlio César Ladeia (PR)

A lista, que recebeu o titulo de ´lista suja´ pela imprensa, encaminhada pelo Tribunal de Contas ao Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT) na quinta-feira, 3, consta mais de 500 nomes de administradores públicos que tiveram suas contas anuais rejeitadas ou que deixaram de devolver aos cofres públicos valores gastos indevidamente. Dentre esses, estão os nomes dos candidatos ao cargo de prefeito de Tangará da Serra pela coligação ´Honestidade, Paz e Mais Trabalho´, Júlio César Davoli Ladeia (PR) e pela coligação ´Tangará com Mais Saúde´, Jaime Luiz Muraro (DEM). Leia mais no Diário da Serra - aqui

Quem completar 16 anos até outubro e quiser votar deve fazer inscrição eleitoral

Os jovens que completarão 16 anos até o dia 5 de outubro, e quiserem votar nas eleições municipais deste ano, devem procurar os cartórios, postos eleitorais ou centrais de atendimento ao eleitor até quarta-feira para solicitar a inscrição eleitoral. O título é gratuito e impresso no momento da solicitação, caso toda a documentação esteja correta.

Para se alistar o jovem eleitor deverá procurar as unidades de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT) munidos da carteira de identidade ou certidão de nascimento e comprovante de residência.

Somente a partir da constituição de 1988 que os jovens entre 16 e 18 anos conquistaram o direito ao voto. Nas eleições presidenciais de 1.989 o total de eleitores nessa faixa etária chegou a 4,03% do eleitorado do país.

Em Mato Grosso no pleito de 2006 os eleitores de 16 anos representaram 1,25% do eleitorado da época (1.940.270), ou seja, mais de 24 mil jovens eleitores. Já os de 17 anos representaram 1,98% do eleitorado, cerca de 38 mil e 407 eleitores.

Máquinas de preservativos devem estar disponíveis nas escolas

Até outubro deste ano, 400 máquinas de preservativos deverão estar disponíveis nas escolas da rede pública. As máquinas já estão sendo construídas por duas escolas técnicas, informou o diretor adjunto do Programa Nacional de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e Aids, Eduardo Barbosa. De acordo com ele, o custo unitário do projeto-piloto é de R$ 400, em média, 40% mais baixo que o valor de uma máquina no mercado internacional.

Inquérito contra Chica Nunes corre em segredo de justiça

O inquérito que envolve a Deputada Estadual Chica Nunes vai tramitar em segredo de justiça, no tribunal de justiça de Mato Grosso, TJ/MT.

A decisão foi tomada porque ele foi apensado a outra ação sobre o mesmo caso, que já ocorria em segredo de justiça no TJ, a pedido da Polícia Civil.

Prisão
Quinta-feira a polícia pediu a prisão preventiva da Deputada e outras três pessoas por suspeita de desvio de dinheiro público. O inquérito investiga supostas irregularidades na gestão da Deputada, enquanto ela presidia a Câmara Municipal, em 2005 e 2006.

O TJ/MT vai decidir se acata a denúncia e se decreta a prisão dos suspeitos. Ao todo, 11 pessoas foram indiciadas.

De chatos a... chato

De um webleitor deste blog:

"- Ainda cabem petistas na região pubiana do prefeito Júlio César Ladeia."

Nunca havia pensado nisso, apesar de ser um contundende crítico da coligaçao PR/PT em Tangará da Serra.

Partidos devem registrar seus candidatos até às 19h de hoje

Os partidos políticos e coligações têm até hoje (5), às 19h, para apresentar em um cartório eleitoral o pedido de registro de seus candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador que vão disputar as eleições municipais de outubro. Já os candidatos escolhidos em convenção, mas que não tiverem o requerimento feito por seus partidos ou coligações, têm até a próxima segunda-feira (7) para pedir seus próprios registros. De acordo com a Lei 9504/97, a partir de domingo (6) partidos políticos, coligações e candidatos podem realizar comícios, entre 8h e meia-noite, assim como utilizar carros de som para divulgar a campanha.

Decreto incluirá novas exigências a ongs estrangeiras

O governo editará um decreto complementar à nova portaria que regulamenta o recadastramento de organizações estrangeiras sem fins lucrativos com interesses no Brasil a informação foi dada pelo ministro da Justiça, Tarso Genro, informou nesta sexta-feira (4).

Segundo o ministro, o decreto incluirá novas exigências para que as instituições continuem atuando no Brasil.

Elas terão que esclarecer seus objetivos e planos de trabalho no país, além de declarar suas fontes de financiamento. (Com informações da Agência Brasil)