16 de julho de 2008

Libertados 100 trabalhadores mantidos como escravos em fazenda de MT

Cem trabalhadores foram resgatados esta semana pelo Grupo Especial de Fiscalização Móvel de Mato Grosso em uma fazenda de Jauru (MT).

Na fazenda Salto Grande, a fiscalização confirmou que sete empreteiros e subempreteiros mantinham cerca de cem trabalhadores em quatorze conjuntos de barracos.

Nesses conjuntos, os números de barracos eram variáveis. A maioria dos trabalhadores eram roçadores e cozinheiros.

O tempo de serviço empreendido pelos trabalhadores na fazenda é variado. A equipe de fiscalização encontrou trabalhadores com 10 anos de serviço degradante prestado à fazenda. Todos trabalhavam por uma diária de R$ 25,00.

Os alojamentos eram feitos de lona preta e apoiados sobre estacas de madeira retirada da mata.

As pessoas dormiam em camas feitas de bambu, pelos próprios ocupantes dos barracos. A água consumida era retirada dos córregos localizados nas proximidades das instalações, a mesma consumida pelos animais.

Assassinos de irmão do blogueiro permanecem foragidos


Cinco dias já se passaram do cruel assassinato de meu irmão Dorgimar Silva (34), em São Paulo (SP) onde vivia havia 15 anos, e a polícia ainda não tem pista dos criminosos.

"Que País é este?" onde um cidadão de bem é brutamente assassinado à facada e as autoridades policiais sequer sabem por onde começar uma investigação que resulte na prisão dos bandidos?

Desse jeito fica cada vez mais difícil para a gente acreditar num País melhor. Pelo menos com uma violência sob controle.

Dorgimar Silva foi assassinado no centro da capital paulista, às 19h, da última sexta-feira (11) , possivelmente por marginais que intentavam o assaltar.

Nossa família está passando momento muito difícil. Sendo, a maior dor, a da impotência. Perdemos um ente querido e não temos nada a fazer para recuperar essa vida que se esvaiu, vítima da incontrolável violência urbana que campeia nosso País.

Charge do Dia


Trabalho artístico de Jorge Braga publicado hoje no O Popular (GO). É preciso correr mesmo. A coisa tá ficando preta. Em Tangará da Serra parece ter mais candidatos que eleitores. Coisa de louco.

Salto das Nuvens em Tangará da Serra

Imagem: Cachoeira Salto das Nuvens no município de Tangará da Serra.

Prazo para impugnação de candidaturas termina às 19h de hoje

O prazo para impugnação de candidaturas, que teve início na última sexta-feira (11), termina às 19h desta quarta-feira (16). Isso pode ser feito por qualquer candidato, partidos políticos e coligações e pelo Ministério Público. De acordo com a regras eleitorais, qualquer eleitor também pode pedir a impugnação da candidatura, mas terá que fazer a denúncia para o MP, que irá analisar o caso e definir se o pedido é válido.

Campo Grande: capital dos motoristas bêbados

O jornalista Marcos Eusébio (Campo Grande - MS) comenta em sua coluna: "Campo Grande virou destaque em rede nacional de TV como a Capital dos motoristas bêbados e irresponsáveis. E apesar de a escaldante Cuiabá ser líder no consumo per capta de cervejas do país, nem o Caco Barcellos nem seus “focas” do programa Profissão Repórter [ de ontem à noite] confundiram MS com MT. Pode comemorar. Mas com moderação e não dirija ok?"

Sancionado piso salarial de R$ 950 para todos os professores brasileiros

Em solenidade no Palácio do Planalto, acompanhada pelo deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT-MS), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou, nesta tarde de quarta-feira (16), o projeto de lei que cria piso salarial de R$ 950 para professores com carga horária de 40 horas semanais.


A definição de um salário nacional mínimo para a categoria irá beneficiar pelo menos 800 mil professores da educação básica pública, estima o Ministério da Educação.


O projeto prevê que os Estados e municípios devem cumprir o valor integral de R$ 950 até 2010 por meio de reajustes anuais graduais. Leia mais aqui

Hora do Show com Cazuza "O tempo não pára"



Não pára e nem pode parar. Devemos seguir a vida no seu curso e sua pisada.

PF já apreendeu 3.500 quilos de cocaína neste ano em MT

Em pouco mais de seis meses, a Polícia Federal (PF) em Mato Grosso apreendeu cerca de 3.500 quilos de cocaína em todo o Estado.

A quantidade supera o que foi apreendido durante o ano passado, que fechou com cerca de 1.600 quilos retirados de circulação.

Neste ano, mais da metade é composta de apreensões da própria PF e o restante, da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

No domingo à tarde, agentes federais fizeram a maior apreensão de todos os tempos, retirando de circulação 1.221 quilos de cocaína que estavam camuflados em três caminhões baús que seguiam vazios de Tangará da Serra para Cuiabá.

A droga estava acondicionada embaixo dos assoalhos. Foram presos os motoristas Douglas Galvão de Lima, de 51 anos, Paulo Gonçalves de Aguiar Filho, de 41, e Edio Ferreira, de 38. Os três foram autuados por tráfico internacional de drogas.

Polícia prende religioso acusado de pedofilia em Tangará da Serra

Preso na manhã desta terça-feira (15), em Tangará da Serra por policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), o pastor evangélico João Alves Barbosa, sob acusação de atentado violento ao pudor e corrupção de menores.

Contra ele a polícia cumpriu um mandado de prisão preventiva, decretado pela juíza Maria Rosi de Meira Borba, da 8ª Vara Criminal de Cuiabá e ainda um mandado de busca e apreensão.

A denúncia partiu da mãe de uma adolescente com idade entre 14 e 15 anos. Há cerca de um mês, ela procurou o Ministério Público, o Juizado da Infância e Adolescência e à polícia que passaram a investigar.

A detenção do acusado se deu por volta das 6h em uma casa onde ele passava temporada.

Jornal de Domingo celebra seis anos de prestação de serviços à Tangará da Serra

O diretor do Jornal de Domingo, Humberto Ferreira, tem dois excelentes motivos para festejar neste final de semana. O próprio aniversário e o de seu Jornal. Piauiense de Teresina, Humberto é considerado um homem lutador por índole. O crescimento de seu Jornal em Tangará da Serra e região médio norte de Mato Grosso, é fruto de muito dedicação e responsabilidade social e profissional. O blog o homenageia estendendo parabéns pelo sucesso obtido até aqui. Tintim!

MT responsável por 54% do desmatamento registrado nos últimos 12 meses

Mato Grosso, Estado do governador Blairo Maggi, foi responsável por 54% do desmatamento registrado nos últimos 12 meses, 59% do registrado em maio e 69% do acumulado nos primeiros cinco meses do ano. De um total de 3.730 quilômetros quadrados de floresta derrubada ou degradada entre janeiro e maio, 2.571 km2 estão dentro do Estado, segundo o Deter. Roraima aparece em um distante segundo lugar, com 464 km2 (12%), e o Pará em terceiro, com 383 km2 (10%) desmatados.

Desmatamento aumenta 116% nos últimos 12 meses

O desmatamento acumulado na Amazônia nos últimos 12 meses foi 116% maior do que o acumulado dos 12 meses anteriores, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Entre junho de 2007 e maio de 2008, foram derrubados ou degradados 7.666 quilômetros quadrados de floresta, comparado a 3.543 km2 no mesmo período de 2006 a 2007. Os cálculos são do Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter), cujo relatório de maio foi divulgado hoje. A área impactada no mês foi de 1.096 km2, praticamente igual à de abril e equivalente ao território da cidade do Rio de Janeiro. Com informações da Agência Estado.

Gestante poderá ter pensão alimentícia

A Comissão de Constituição e justiça da Câmara aprovou hoje, em caráter conclusivo, projeto de lei do Senado que prevê o pagamento de pensão alimentícia à gestante.

Caso não haja recurso ao Plenário da Câmara, o projeto será encaminhado à sanção presidencial, uma vez que já foi aprovado pelo Senado.

O projeto, aprovado por unanimidade na CCJ, estabelece que o valor da pensão deverá ser suficiente para cobrir as despesas adicionais do período de gravidez ao parto, como exames e medicamentos.

As despesas deverão ser custeadas pelo futuro pai, considerando-se a contribuição que também deverá ser dada pela mulher grávida, na proporção dos recursos de ambos.