8 de agosto de 2008

Hellen Sokoloski é a aniversariante deste sábado

Estudante da primeira série do ensino médio da escola João Batista em Tangará da Serra, Hellen Sokoloskii celebra mais um níver neste sábado, 09/08. O dia promete muitas homenagens para a moça. Antecipando as celebrações, a aniversariante recebe amigos hoje à noite nas dependências da Flyer em Tangará da Serra. Vai ter muita festa. Alegria e tudo mais. O blog homenageia essa ilustre menina. Tintim!

Lei da anistia sendo questionada

Eu sei que a novela acabou faz tempo, mas como tem gente que acha que vale a pena ver de novo, vamos parafrasear o Juvenal Antena e dizer epa, epa, epa: militares da ativa e da reserva realizaram ato no Clube Militar RJ contra a revisão da Lei da Anistia e acusam o Executivo comandado por Lula de abrigar ex-terroristas, ligação com narcoguerrilha e corrupção.

Pode uma coisa dessas?

Dá pra gente agüentar essa gente? Santa paciência...

Cabo eleitoral: profissão perigo

Aqui entre nós. Do jeito que alguns políticos manjados andam se comportando nas prefeituras e câmaras, pedir voto pra certos caras virou uma atividade de alto risco. Já passou da hora de os cabos-eleitorais acionarem a Justiça do Trabalho exigindo adicional por insalubridade... E colete, capacete, etc.

Mais atenção para a questão social em Tangará da Serra

Não adianta oferecer bons prédios escolares, boas instalações nos postos de saúde, asfalto, etc., se a criança que deles precisa, permanece "morando" num barraco de lona . É como enxugar gelo. Moradia digna deve ser encarada como questão social.

Escrevi: questão social.

Se a criança não tem moradia com o mínimo de dignidade, esses outros benefícios pouco acrescentam para ela.

Depois da moradia, sim, vem as creches, as escolas, os postos de saúde, asfalto, saneamento básico, etc., e demais melhorias urbanas.

Sobre este tema, deveria solicitar do próximo governo tangaraense mais atenção e respeito.

Em cartaz no Cinemais de Tangará da Serra

Hancock
Origem: EUA
Gênero: Ação
Classif.: 12 anos
Duração: 92 min.
Distribuidora: Columbia Pictures
Lanç. Nacional: 04/07/2008

Sinopse: Will Smith interpreta Hancock, um super-herói que perdeu a sua popularidade entre aqueles que ele protege quando suas tentativas de resgate nem um pouco convencionais provocaram um terrível caos na cidade. Durante um resgate, Hancock conhece Ray Embrey (Jason Bateman), um agente de Relações Públicas recentemente demitido que se oferece para representar e recuperar a imagem pública de Hancock. Quando a mulher de Ray, Mary (Charlize Theron), e Hancock se encontram, ocorre uma inexplicável e imediata conexão entre os dois. Após muita resistência, Mary finalmente revela que ela também possui superpoderes e, logo em seguida, Hancock começa a perceber que seus poderes estão perdendo força. A notícia se espalha rapidamente entre os criminosos que Hancock colocou atrás das grades, e agora Hancock terá de encontrar um jeito de resgatar os seus poderes para continuar vivo.
Elenco: Will Smith, Charlize Theron, Jason Bateman, Adam Del Rio, Jameson Dixon Jr.
Roteiro: Vince Gilligan, Vincent Ngo
Produção Executiva: Ian Bryce, Jonathan Mostow, Richard Saperstein
Produção: Akiva Goldsman, James Lassiter, Michael Mann, Will Smith
Direção: Peter Berg

Hora do Riso


Essa pegadinha é muito engraçada. Veja o medo que esse pessoal tem ao passar nas proximidades de um cemitério.

Charge do Dia

Charge de Jorge Braga publicada hoje no Jornal O Popular (Goiânia - GO). Hora de votar no ronca-e-fuça. Menos eu. E você, votará num deles?

Mais 4 vereadores perdem o mandato por infidelidade partidária

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, cassou o mandato por infidelidade partidária de mais quatro vereadores do interior do Estado, em sessão plenária.

Perderam os mandatos os vereadores de Itiquira Antônio Joaquim Gonçalves (PR) de Lambari D´Oeste, José Bartolomeu Pessoa (PR) de Nova Santa Helena, José de Almeida de Santana (PP), de Novo Santo Antonio, Jairton Alves de Souza (PP).

Com as decisões de hoje sobe para 106 o total de parlamentares infiéis cassados.

Improcedentes
Já os vereadores de Peixoto de Azevedo, Raimundo Pereira da Silva (PSDB), de Arenápolis, Noberto Zandonadi de Lima (PPS), de Acorizal, Arcílio Jesus da Cruz (PR) e de Querência Luzimar Pereira Luz (PP), tiveram os pedidos julgados improcedentes.

Começa hoje o encontro de Governadores da Amazônia Legal

Governadores dos nove Estados da Amazônia Legal se reúnem hoje em Cuiabá. As questões ambientais, de infra estrutura e o desenvolvimento da região são alguns dos temas em discussão.
Os governadores vão elaborar um documento com reivindicações que serão entregues ao Governo Federal. O encontro é no Centro de Eventos do Pantanal.

Receita aumentará imposto sobre bebidas alcoólicas

A Receita Federal aumentará em cerca de 30% as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) incidentes sobre as chamadas bebidas quentes, como vinhos, cachaças e uísques.

A mudança valerá a partir de outubro, informou nesta quinta-feira (7) o auditor da Coordenação de Tributação da Receita, Helder Silva.

Decreto publicado em 2 de julho, definindo o reajuste, o colocava em vigor já em 1º de agosto, mas, no dia 31 do mês passado, a Receita adiou a vigência do reajuste para 1º de outubro.

Segundo Helder Silva, o aumento no imposto se deve ao fato de que, desde 2003, o IPI incidente sobre essa categoria de produtos não era reajustado.

O imposto é cobrado por meio de alíquotas específicas (tecnicamente chamadas de "ad rem", feitas com um valor em reais, como ocorre com a gasolina, e não em porcentual).

Nesse sistema, o peso da tributação diminui ao longo do tempo, à medida que o valor dos produtos é reajustado. Com o reajuste, explicou o técnico, o peso do IPI nos produtos finais volta ao patamar de 2003. JPM

STF restringe uso de algemas a risco de fuga ou ameaça

STF restringe uso de algemas a risco de fuga ou ameaça Nesta quinta-feira (7), por unanimidade, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram editar uma súmula para determinar que o uso de algemas deve ser uma exceção nas prisões e durante julgamentos.

A Corte também resolveu enviar ofícios ao ministro da Justiça, Tarso Genro, e aos 27 secretários estaduais de Segurança Pública para informar sobre o teor da decisão, tomada durante julgamento de recurso movido por um preso de São Paulo que foi julgado no tribunal de júri algemado. Por decisão dos ministros do STF, esse julgamento foi anulado.

O STF considerou que o fato de o preso estar algemado poderia ter influenciado negativamente sua imagem frente aos jurados.

Os ministros afirmaram que a pessoa somente deve ser algemada nas seguintes situações: quando houver risco de fuga e quando colocar em risco a segurança dela própria ou de outras pessoas.