4 de setembro de 2008

Sobre a escola de tempo integral

Repercussão acalorada está gerando meu comentário apontando que as escolas públicas de Tangará da Serra não têm ainda infra-estrutura adequada para abrigar o funcionamento de tempo integral.

Permaneço com a mesma posição.

Com isso não nego que seria algo realmente inovador e muito bom para nossas famílias.

É verdade que a escola de tempo integral tende a proporcionar muito mais oportunidade de aprendizagem para nossos alunos e tranqüilidade para os pais.

Porém, não estou convencido que, além de infra-estrutura, Tangará da Serra tenha tanta mão de obra para ser empregada e tanto dinheiro assim, para pagar com dignidade o salário dos mestres.
Peço desculpas aos que pensam contrário. Mas, só acredito vendo.

TIRE SUAS CONCLUSÕES:

O aprendizado integral envolve todas as áreas que estimulam o desenvolvimento cognitivo, psicossocial e psicológico da criança, como as artes, o teatro, a música, a leitura, o esporte, entre outras. Esse modelo deve oferecer aos alunos oportunidades de vivências múltiplas em todas essas áreas.

Para isso, exigem-se profissionais qualificados e preparados para lidar com uma clientela que por muito tempo foi marginalizada na escola, e que por isso, em sua maioria, apresenta comportamento agitado, impulsivo, agressivo até.

Exigem-se espaços apropriados também: quadras, ambientes de artes, músicas, auditórios, teatros. É um grande investimento em pessoal e material, além de reformas físicas.

Toda essa nova realidade exige muito do professor e dos alunos. Professor tem que virar "babá" das crianças, pois tem que auxiliá-los até nas escovação de dentes.

O professor tem que ser um profissional voltado para o ensino da higiene pessoal e psicológico. Mas uma vez observo: o programa é louvável. A prática, porém, é outra história completamente diferente. Passem bem!

Votarei nos menos ruins

Nada pessoal. É questão de convicção.

100 dos candidatos a vereador de Tangará da Serra, em hipótese alguma, receberam meu voto em cinco de outubro. Dos três candidatos a prefeito, um também, sob hipótese nenhuma, verá sequer a cor de meu sufrágio.

Tenho 10 bons nomes que disputam idêntico número de vagas no parlamento municipal.

Doravante observarei com mais cuidado suas propostas e postura perante a opinião pública. Em um deles, é quase certo, votarei.

Gostaria muito de citar os nomes dos DEZ. Mas para não correr risco de ser incomodado pela Justiça Eleitoral, travo meus dedos com algemas para não escrevem nada sobre.

Sobre os candidatos a prefeito, idem, passarei a ouví-los e procurar entendê-los melhor. Imagino não ser mais preciso votar em branco.

Minha consciência diz que devo votar no menos ruim. Então vamos aguardar cinco de outubro chegar.

Charge do Dia

Charge de Nani

Celulares virando rádios comunitárias

Não abrigo mais nenhuma dúvida de que grande parte dos telefones celulares dos políticos, jornalistas, empresários influentes e outras personalidades, esteja grampeada.

Se a grampolância não perdoou nem o presidente do STF, imagine o que é capaz de fazer com a gente.

Até creio que alguns celulares estejam servindo de rádio comunitária, tanta é a quantidade de "inteligentes" que está nos ouvindo 24 horas por dia.

A coisa está séria. A galera da ABIN pode estar ouvindo tudo que falamos no dia-a-dia.

Como não tenho nada para esconder e muito menos para confidenciar a alguém, estou tranquilo. Mas, quem tem alguma culpa no cartório é melhor colocar as barbas de molho.

Inteligência em crise

Desde a última edição da Veja, notícias de todos os jornais revelam: a inteligência do governo Lula está em crise. Manchetes que comprovam a existência daquilo que muita gente dizia não existir no atual governo. A oposição anda inconsolável.

Estatuto da Igualdade Racial apresenta propostas polêmicas

O ministro da Igualdade Racial, Edson Santos promoveu reunião com membros da Comissão Especial que acompanha a tramitação no Congresso do Projeto de Lei 6.264/05, que institui o Estatuto da Igualdade Racial.

Os deputados Carlos Santana e Antônio Roberto, respectivamente o presidente e o relator da Comissão, discutiram com o ministro alguns pontos da proposta que ainda encontram resistência, como a política de cotas raciais para o acesso às universidades públicas.

O projeto reúne um conjunto de ações e medidas especiais que vão assegurar direitos fundamentais à população negra, como o acesso universal e igualitário ao Sistema Único de Saúde (SUS); o respeito à liberdade de consciência, de crença e livre exercício dos cultos e religiões de matrizes africanas praticadas no Brasil; a implantação do sistema de cotas, que buscará corrigir as inaceitáveis desigualdades raciais que marcam a educação brasileira; e a garantia aos remanescentes de quilombos, segundo dispositivos de lei, da propriedade definitiva das terras que ocupam.JPM

TSE: mesários podem simular votação

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) colocou no ar um hotsite com 12 vídeos que explicam passo-a-passo todos os procedimentos do dia da eleição, desde a instalação da mesa receptora até o encerramento da votação.

O hotsite também traz uma seção eleitoral virtual, em que é possível simular o funcionamento da urna eletrônica, a cartilha "Mesário Trabalhando para a Democracia", folder com explicações sobre a justificativa eleitoral, todas as normas que regulamentam as eleições 2008 e o tira-dúvidas, com quase 50 perguntas e respostas sobre a votação.

Se depois de consultar esse material o mesário ainda precisar de mais esclarecimentos, ele pode enviar e-mail para a Justiça Eleitoral, por meio do próprio hotsite.

A Justiça Eleitoral convocou 1.660.796 mesários para atuarem nas 400.303 seções de votação das eleições 2008.

160 mil mesários a mais que nas eleições de 2006, quando o número chegou a cerca de 1,5 milhão.

Gasto secreto

O jornal O Estado de S.Paulo informa que o delegado da Polícia Federal, Protógenes Queiroz, que comandou a Operação Satiagraha, recebeu neste ano R$ 64 mil para gastar em despesas sigilosas. O escrivão da PF que trabalhou com ele na operação, Amadeu Ranieri Bellomusto, gastou outros R$ 96 mil.

Tangará da Serra à venda

Um grande supermercado de Tangará da Serra estaria sendo vendido para a Rede Pão de Açucar.

Outro, não muito pequeno, estaria sendo repassado para o Carrefour.

Duas faculdades já foram vendidas para um grande crupo de Educação de Cuiabá.

Mas, o que é que está acontecendo?

Estão querendo mesmo vender Tangará da Serra?

Caso nosso Município estivesse adquirindo bens não seria muito melhor?

Serys por pouco não foi atingida por disparos de bandidos em Comodoro


A senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), que participava nesta quarta-feira (3) em Comodoro (MT) da campanha do candidato a prefeito Marcelo Beguschi (PT), ficou no meio de um tiroteio após um assalto a uma agência do Banco do Brasil na cidade.

Ela informou que não chegou a ficar refém, mesmo estando bem próxima dos bandidos. Do local onde estava para o Banco do Brasil são aproximadamente 20 metros. Os ladrões que trocaram tiros com os policiais, segundo a senadora, estavam fortemente armados.

Em entrevista a alguns veículos de comunicação a petista falou que nunca havia visto tanta metralhadora disparando ao mesmo tempo. Contou que para se proteger dos tiros, se jogou para debaixo de um carro. Ela avalia que foram mais de cem tiros disparados para todas as direções.

Serys informou ainda ter sido muito difícil a retirada dela do local do assalto. "Foi terrível, não gosto nem de lembrar" destacou a petista. Texto do Editor.

Meu adeus para Valdick Soriano

Morreu por volta das 5h30 desta quinta-feira (dia 4) o cantor Waldick Soriano.

A informação foi confirmada pela esposa dele, Walda Soriano, com quem ele vivia há 38 anos.

O corpo do cantor deve ser enterrado no Cemitério do Caju, mas o horário e o local do velório ainda não foram definidos.

A família conta que o compositor estava internado desde o último domingo (dia 31) no Instituto Nacional do Câncer, no Rio. Aos 75 anos, ele tratava de um câncer na próstata há mais de dois.

Ministro afirma que não tem sentido manter gestação de anencéfalo

Sobre a polêmica em relação aos fetos anencéfalos, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse nesta quinta-feira (04) que não há sentido em manter gestações quando a mãe não quer se submeter a uma gravidez que em 100% dos casos resultará em morte em pouco tempo. Segundo ele, os sistemas público e privado de saúde têm condições de diagnosticar a anencefalia com exames simples de ecografia. Ele ressaltou que se a interrupção dos partos for permitida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a mulher poderá escolher entre interromper o parto ou ter a criança. (Com informações da Agência Estado)