25 de setembro de 2008

Quem é o candidato de Lula em Tangará da Serra?

O nome do presidente Lula vem sendo “usado” como aliado por candidatos de duas das três coligações políticas de Tangará da Serra.

Assim, vemos o petista maior nos programas eleitorais do candidato a prefeito Júlio César Ladeia (PR) e os ministros Edson Lobão (Minas e Energia) e Reinhold Stephanes (Agricultura) dizendo que a candidata peemedebista Azenate Carvalho também conta com apoio e simpatia do governo federal.

Bons temos esses, em presidente Lula? Mas afinal, quem é o candidato de Lula em nossa cidade?

Projeto do governo sobre jornalistas é definido como “retrocesso”

A Associação Nacional dos Editores de Revistas (Aner) definiu como "um retrocesso" o projeto de lei anunciado na semana passada pelo ministro Tarso Genro, da Justiça, que prevê a possibilidade de punição criminal ao jornalista ou ao veículo que divulgar escutas telefônicas, legais ou ilegais.

Em nota divulgada nesta quarta-feira (24), o presidente da entidade, Jairo Mendes Leal, afirma que "a criminalização de tais procedimentos" revela "embaraços que se desejam impor à liberdade da imprensa".

O projeto foi enviado ao Congresso, já com assinatura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo a Aner, a nova tentativa do governo contra a liberdade de imprensa "se junta à proposta de mudanças no direito constitucional do sigilo de fonte, sugerida pelo Ministro Nelson Jobim".

As duas juntas, diz a nota, são reveladoras "de embaraços que se desejam impor à liberdade da imprensa".

Elas representam "mais uma tentativa de obstaculizar o exercício jornalístico e a liberdade de imprensa, consagrados constitucionalmente como princípios estruturais do Estado Democrático brasileiro, e devem, peremptoriamente, ser repudiadas por toda a sociedade".

O texto do ministro Tarso Genro altera o art. 151 do Código Penal, determinando a pena de reclusão de 2 a 4 anos para quem "diretamente ou por meio de terceiros" realizar "interceptação de qualquer natureza" - ou seja, grampo - "sem autorização judicial ou com objetivos não autorizados em lei.

Charge do Dia

De Myrrias, publicada hoje no jornal A Crítica.

Maggi lança a pré-candidatura de Riva ao Senado

O governador de Mato Grosso, Blairo Maggi (PR), lançou nesta quarta (24), em Juara (MT), onde foi participar da campanha do candidato a prefeito do PP, José Alcir Paulino, o presidente eleito e primeiro-secretário da Assembléia Legislativa, deputado José Riva (PP), ao Senado nas eleições de 2010. Ele destacou que a trajetória política do parlamentar o credencia a postular uma das duas vagas de Mato Grosso, que estarão em disputa nas próximas eleições, no Senado Federal. Vai vendo... Até já imagino como os petistas vão se sentir depois dessa declaração.

Mais quatro vereadores perdem mandatos por infidelidade

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso cassou, em decisões plenárias desta quarta-feira (24), o mandato eletivo de mais quatro vereadores por infidelidade partidária, e julgou improcedente três pedidos de perda de mandato.

Com as decisões ontem, sobe para 134 o total de parlamentares cassados.

Perderam os mandatos os vereadores de Novo Horizonte do Norte, Geraldo Pereira Gomes; de Novo Santo Antônio, José dos Santos Vasconcelos; do município de Novo Horizonte, Fernando Alves dos Santos; e de Figueirópolis D´Oeste, Reinaldo Braga de Freitas.

Em todos os processos as decisões foram por unanimidade acompanhando o voto do relator, desembargador Manoel Ornellas de Almeida.

Prefeito de Juara é acusado de esmurrar e chutar funcionário da prefeitura

O prefeito de Juara (MT) e candidato à reeleição, peemedebista Oscar Martins Bezerra está sendo acusado de ter agredido um funcionário da prefeitura durante uma festa junina no pátio do órgão municipal, no dia 6 de junho deste ano.

A vítima, Sidmar Pinheiro Machado, registrou Boletim de Ocorrência (BO) na delegacia de Polícia Civil local, com o número: 613/08.

De acordo com o relato de Sidmar, "ele estava com sua esposa na festa junina e uma amiga do casal, quando o prefeito chegou na mesa deles. Durante uma conversa, o prefeito teria dito que no dia 7 de junho haveria um mutirão nos bairros Jardim Califórnia, João de Barro, Jardim El Dourado e Jardim Flamboyam, para a numeração de casas e que ele iria no local.

O funcionário da prefeitura disse que esse trabalho caberia à engenharia. Oscar Bezerra, não gostando do que lhe foi dito, teria agredido Sidmar com um soco no rosto."

"A vítima, depois de caída, ainda teria levado vários chutes no rosto do prefeito e ainda na saída da festa foi agredido por ele e também por pessoas ligadas ao acusado". Adaptado de A Gazeta

Candidato vai à delegacia prestar esclarecimentos

A delegada municipal Ana Paula Reveles Carvalho confirmou, nesta quarta (24), que intimará o candidato a prefeito pela coligação "O Futuro", em Alta Floresta, Rogério Silva, (PP) e a candidata a vereadora Maria José para prestar esclarecimentos sobre a detenção de dois cabos eleitorais de sua coligação, ontem, que estavam contratando fiscais para trabalhar no dia da eleição e receberiam R$ 20.

TJ manda soltar secretário de Saúde

O secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Soares, preso nesta quarta (24), ficou 7h15 detido no anexo do Pascoal Ramos, no bairro Centro América, na capital.


Ele só foi liberado às 19h15, após o desembargador Paulo da Cunha considerar a prisão irregular.


Soares e o prefeito Wilson Santos consideraram a prisão um ato político.


A prisão do secretário foi decretada ontem de manhã pelo juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Roberto Teixeira Seror.


HISTÓRICO - No dia 4 de setembro o mesmo juiz concedeu uma liminar em favor do paciente Augusto Cipriano Praxedes da Silva, determinando ao município que ele fosse operado imediatamente. No dia 18 o juiz expediu um mandado determinando o cumprimento da decisão, sob risco do pedido de prisão de Soares.


Como teria havido desobediência, o magistrado expediu o mandado.