26 de setembro de 2008

Lions Internacional: a 'estorinha' que continua

Ouvi o deputado estadual Vagner Ramos (PR) informando em um canal de têve local, nesta sexta (26), que a licitação das obras de duplicação da Avenida Lions Internacional de Tangará da Serra só deverá acontecer depois das eleições.

Por favor, me ajudem. Pensei ter ouvido num dos programas eleitorais que o governador Blairo Maggi já havia procedido a tal licitação para início quase imediato da construção da artéria.

Devo estar meio confuso. Mas lutando para refrescar minha cansada memória, relembro algo parecido.

Bem, uma de minhas notas já pode ser considerada como certeira. A Lions nem chegou a ser iniciada antes das eleições. E nem começará até final deste ano. Quem quer apostar?

Reinou a "Paz" nos programas eleitorais desta sexta tangaraense

Não fosse a “informação” de que o ex-prefeito Jaime Muraro (DEM), havia declarado possuir no ano 2000, patrimônio da ordem de R$ 4 milhões, e agora, oito anos depois, declarado para a mesma Justiça Eleitoral, R$ 38 milhões, os programas eleitorais desta sexta (26), teriam sido igualzinhos a uma Missa.

Foi calmaria total.

No programa da candidata do PMDB, Azenate Carvalho, a vez foi do candidato à vice, professor Nadir, explicar como pôr em prática as propostas apresentadas até aqui por sua coligação.

A candidata majoritária não apareceu no vídeo, com a justificativa de estar com problemas na voz. O destaque do programa foi a aparição do Ministro da Integração Regional, Geddel Vieira.

O candidato republicano Júlio César Ladeia apresentou um programa reflexivo. Isso mesmo. Teve até fundo musical, daqueles para leitura de cartas de amor em programas de rádio.

Ao “pessoal” do 25 pediu para lhe responder alguns assuntos. E ao 15, pediu um basta. Entendido como: “não quero continuar brigando com vocês”.

Dona Olga Muraro (DEM) insistiu que reorganizará a saúde pública do Município. Colocou no ar algumas senhoras relembrando seu tempo de secretária da Assistência Social, e recortes de um discurso proferido num dos bairros da cidade.

Não teceu ataques para nenhuma das candidaturas concorrentes.

Como disse: a paz reinou nos programas eleitorais desta sexta, em Tangará da Serra. Será que continuarão assim? Ou ainda tem roupa suja para ser lavada na cara do cidadão eleitor?

Esperamos que não. E vença o que de fato já estaria no coração dos tangaraenses.

MP realiza palestra sobre 'corrupção' na UNIC/Tangará

O procurador geral de Justiça de Mato Grosso, Paulo Roberto Jorge do Prado, participa hoje à noite em Tangará da Serra, de uma palestra para discutir os níveis de corrupção no Brasil.

Acompanhado dos membros do Ministério Publico tangaraense, educadores, estudantes e sociedade civil, o procurador palestrará sob o tema “O que você tem a ver com a corrupção?”.

O evento ocorre a partir das 19h30, no auditório da UNIC local, antiga Faculdades Unicen.

Juiz realiza palestra para indígenas de Tangará da Serra

O juiz eleitoral de Tangará da Serra, Jamilson Hadad Campos, realizou nesta sexta (26), palestra para os índios da comunidade Paresi, neste Município.

À imprensa o magistrado disse que sua visita a essa comunidade ocorre pelo fato do grande número de eleitores que ela tem. Seriam mais de 700 eleitores indígenas.

Jamilson quer que os índios, como todos os cidadãos, votem sem nenhum tipo de coação. Daí a palestra para orientação dos direitos de cada um.

Indeferido registro de candidatura de Vilson Pires

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso manteve em decisão plenária desta quinta-feira (25), o indeferimento do pedido de registro do candidato a prefeito de Paranatinga (MT), Vilson Pires do PRP. Vencida a preliminar, no mérito, por maioria de quatro votos a dois, o Pleno deu provimento ao recurso interposto por Walterir Vilela de Araújo Brito, para manter o registro do candidato a prefeito indeferido.

Olga na frente, Júlio e Azenate empatados

Pesquisa Folha do Estado de 25/09/2008 protocolada no Cartório Eleitoral de Tangará da Serra/MT sob n.º 006/2008.

JAIME MURARO 35%
AZENATE CARVALHO 27%
JULIO CESAR LADEIA 27%

A pesquisa foi realizada no dia 20 de setembro, oportunidade em que foram ouvidos 400 eleitores. Os indecisos somam 10%. Fonte: Folha do Estado.

Assessor de Zé do Pátio é preso em fazenda na Serra da Petrovina

O assessor do deputado estadual e candidato a prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio (PMDB), Celson Antônio de Carvalho, foi preso na madrugada desta sexta-feira na Serra da Petrovina.

Celson é considerado fugitivo da polícia de São Paulo, onde é acusado de cometer um latrocínio, roubo seguido de morte.

Celson não é visto desde a última terça-feira, quando a polícia organizou uma operação para prendê-lo. Ele só foi descoberto agora, porque utilizava um documento de identidade falsificado. Saiba mais AQUI

Primeiro prefeito candidato a reeleição é cassado por abuso da máquina, em MT

O prefeito de Lambari D´Oeste, Jesuíno Gomes, popular Malaquias (PR), teve o seu registro de candidatura à reeleição cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral. Ele é acusado de improbidade administrativa por utilizar a máquina pública em benefício próprio. A denúncia foi feita pelo Ministério Público Eleitoral. Malaquias, que pode recorrer da sentença, continua em campanha eleitoral no município. Lambari D´Oeste (MT).

Ex-presidente da Iomat é condenado a 10 anos de prisão

A Justiça condenou o ex-presidente da Imprensa Oficial de Mato Grosso - Iomat, Claudiomiro Pires Camargo, a dez anos e oito meses de prisão por desvio de dinheiro público e lavagem de dinheiro.

A ex-coordenadora administrativa financeira, Dilma Mota Curcino, também foi condenada a sete anos e oito meses de prisão em regime semi-aberto. Os dois foram denunciados em ação penal pelo desvio de mais de R$ 150 mil do Iomat.

No processo, a defesa de Claudiomiro alegou que ele desconhecia os desvios praticados pela funcionária.

Advogados de Dilma Curcino argumentaram que ela foi coagida a participar do esquema para não perder o emprego. Os advogados dela vão recorrer da decisão.

Governo quer substituir gasolina por álcool

O Plano Nacional de Mudança Climática que o governo submeterá a consulta pública a partir de segunda-feira(29) prevê a substituição gradativa do uso da gasolina pelo álcool na frota de carros nacionais, com crescimento de 11% ao ano na produção do etanol.

Nesse ritmo, o País deverá produzir 53,2 bilhões de litros de álcool em 2017, mais que o dobro dos atuais 25,6 bilhões.Ficou decidido também que a partir do ano que vem a Caixa Econômica Federal (CEF) só financiará imóveis que prevejam o aproveitamento de energias limpas, como a solar.

Mesmo projetos de habitação popular, como os grandes conjuntos feitos para as classes C e D, terão de conter painéis captadores de energia solar, para evitar o consumo de energia elétrica com chuveiros e outros tipos de aquecedores.

Caberá à Caixa duplicar - prevendo a contrapartida de Estados e municípios - de R$ 6 bilhões para R$ 12 bilhões os investimentos anuais em tratamento de esgoto sanitário, produtores de gás metano, que também ajudam no efeito estufa.

Esse gás deverá ser aproveitado como fonte de energia. Pelos planos do governo, até 2015, a população atendida por esgotos tratados subirá dos atuais 35% para 70%. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Incra: 203 mil hectares foram compradas por estrangeiros em sete meses

O governo federal liberou um balanço da compra de terras por estrangeiros negociadas em 2008.

Os dados serão encaminhados ao Congresso Nacional para justificar um projeto de lei que restringe a participação de cidadãos e empresas em outros países.

Dados do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) mostram que, nos últimos sete meses, 203 mil hectares de terras foram parar nas mãos de estrangeiros.

Esses números, adverte o presidente do Incra, Rolf Hackbart, certamente estão subestimados, porque os cartórios não se vêem obrigados a registrar separadamente as terras compradas por estrangeiros e repassar as informações para o órgão. (Com informações da Agência Brasil)