2 de outubro de 2008

Charge do Dia


Charge de Ivan publicada hoje no Diário de Natal (RN).

Candidato a vereador teria dado calote em produtores rurais

O candidato a vereador por Cuiabá (MT), Luis Gustavo Augusto Júnior, o “Cho Mano”, da Coligação que apóia a reeleição do prefeito Wilson Santos, estaria fazendo exatamente o que um político não deve fazer em época de eleição, dar “calote”, em pessoas humildes, e semi-analfabetas.

Ele teria dado vários cheques pré-datados, que foram devolvidos pelo banco. Luis , que aparece no programa eleitoral, com proposta de defender os pequenos produtores rurais, a mais de quatro meses, enrola os produtores, sempre com a mesma frase “ esta semana eu começo pagar”.

O golpe aplicado pelo candidato, da chapa tucana, se alastrou na região de Várzearia, no município de Poconé (MT), onde teria espalhado cheques do Banco do Brasil . Leia mais AQUI

Dal Bosco diz que acusação contra ele é irresponsável

O deputado Dilceu Dal"Bosco diz que a coordenação da campanha de Juarez Costa à prefeitura de Sinop (MT) é "irresponsável" por envolver seu nome em uma campanha eleitoral da qual ele não faz parte. Ele frisa ainda que se tiverem alguma coisa contra a TV, que digam, mas sem envolver seu nome. O deputado garante que seu canal de televisão não tem tendência a nenhum dos candidatos, por orientação sua, desde o início da campanha pelas eleições 2008.

Morte de candidato a prefeiro de Araguaiana sem ligação política

O assassinato do empresário e candidato a prefeito de Araguaiana, Evânio Paulino Feitosa, 34, não teve nenhuma motivação política. A conclusão é do delegado Adilson Gonçalves Macedo, que presidiu o inquérito que apurava o crime. A peça foi encaminhada ontem ao Poder Judiciário, em Barra do Garças, com o indiciamento do auxiliar de cartório Vitor Hugo Magalhães, 18, e seu pai, o empresário Jeovair Vitor de Oliveira, presos em flagrante sob a acusação de autoria do homicídio.

Maggi reafirma posição de apoiar Riva

O governador Blairo Maggi (PR) reforçou sua posição, em Cuiabá (MT), durante ato político do seu partido, de que garantirá apoio ao deputado José Riva (PP) para disputar vaga ao Senado da República nas eleições de 2010, caso seja esse o desejo do parlamentar.

O comentário que eu fiz convidando o deputado Riva para participar conosco da chapa é em relação a 2010 mesmo. O deputado Riva sempre manifestou interesse de disputar o Senado e no grupo anterior em que ele militava tentou ser candidato e puxaram o tapete dele, não deixaram. Eu quis dizer para o deputado que se ele quiser disputar o Senado, junto comigo na chapa que vamos formar, ele tem a garantia de ter a vaga”, enfatizou.

NOTA DO BLOG: Segura essa aí sennhores e senhoras petistas... A aliança PR/PT tem dias contados. Deixa só passar essas eleições de domingo!

Campanha eleitoral de TV e comícios terminam hoje

Hoje é o último dia para utilização das principais instrumentos de campanha eleitoral, como a divulgação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão e a propaganda política mediante reuniões públicas ou promoção de comícios e utilização de aparelhagem de sonorização fixa, entre as 8 horas e as 24 horas.

Durante 45 dias as emissoras de rádio, inclusive as rádios comunitárias, as emissoras de televisão que operam em VHF e UHF e os canais de televisão por assinatura sob a responsabilidade das câmaras municipais reservarão, fizeram a transmissão dos programas de propaganda eleitoral gratuita dos partidos políticos e candidatos, em rede.

O Horário Eleitoral Gratuito começou dia 19 de agosto e acaba hoje, três dias antes das eleições (domingo, cinco de outubro).

TSE proíbe máquinas fotográficas e filmadoras na cabine

Os eleitores não poderão entrar na cabine de votação portando celulares, máquinas fotográficas e filmadoras, que deverão ser depositados em uma bandeja ou guarda-volume. A decisão dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na sessão extraordinária da noite de ontem, quarta-feira (1), tem como objetivo impedir o registro do voto pelos eleitores eventualmente ameaçados por milícias e candidatos.

Desembargador de MS perde cargo e ficará 3 anos recluso, acusado de corrupção passiva

O desembargador Paulo Theotônio Costa do TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) foi condenado por corrupção passiva em julgamento na Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça na noite de ontem. Além de perder o cargo ele cumprirá três anos de reclusão em regime aberto. O desembargador estava afastado de suas funções desde 2003, por decisão do STJ. Também foi condenado no mesmo processo o advogado Ismael Medeiros. A decisão em relação aos dois réus foi unânime. Leia mais AQUI