13 de outubro de 2008

Garibaldi, o vice?

O jornalista potiguar Carlos Santos escreve em seu blog: "Não está descartada a presença do senador Garibaldi Alves Filho (PMDB) numa chapa presidencial. É mais do que possível.

Presidente do Senado e nome de proa de um partido que tende a ser aliado do PT na corrida presidencial em 2010, Garibaldi está no páreo.

Ele pode abdicar do projeto de reeleição ao Senado, por um posto de vice. Logo que Garibaldi assumiu o Senado, sob desconfiança e ataques preconceituosos da Grande Imprensa, eu afirmei aqui dessa possibilidade.

Manhoso, Garibaldi superou esses percalços iniciais e garantiu estabilidade desse poder".

NOTA DO BLOG: E aquela estória que o governador de Mato Grosso seria o vice de Dilma? Pelo visto não passa de balela. Uma vez que são raríssimas as chances do PMDB abrir mão da indicação do vice. Desde o começo desconfiei da publicidade dada para o governador desse estado. Blairo, vice? Quando? Onde? Quem disse? Como? Por quê?

PL prevê revogação da lei de imprensa e pena para abusos

Tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) o projeto de lei de autoria da senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) que revoga a Lei nº 5250/67, conhecida como Lei de Imprensa, elaborada durante a ditadura militar, regulando a liberdade de manifestação de expressão e pensamento de forma mais adequada à atual realidade da sociedade brasileira.

Ao revogar a Lei de Imprensa, a senadora prevê a liberdade de expressão nos meios de comunicação, sem censura prévia, vedando o anonimato, mas determina que o autor ou órgão de divulgação responderá, nos termos da lei, pelos excessos ou abusos que cometer. (Com informações da Agência Senado)

Jornal da Comunidade abordará temas de interesse coletivo nesta segunda

O sociólogo Juliano Borges será um dos entrevistados nesta segunda (13), às 12h, no Jornal da Comunidade - Rádio Nova Horizonte FM. O programa ouvirá a opinião dele sobre o fracasso dos movimentos sociais em Tangará da Serra. Imperdível.

O segundo entrevistado será o diretor-geral da Secretaria Estadual do Meio Ambiente - SEMA, regional de Tangará da Serra, Alvino de Oliveira Filho. Falará sobre o fim do período proibitivo das queimadas em Mato Grosso.

A professora Sirleide, diretora da escola estadual 13 de Maio também falará com este jornalista sobre a abertura de cursos profissionalizantes no ensino médio em sua escola a partir do próximo ano.

Daqui a pouco. Ligue 98,9

Movimentos sociais enfraquecidos em Tangará da Serra

Os movimentos sociais de Tangará da Serra estão fracos, capengando, pedindo socorro. Beirando à falência.

As eleições de cinco de outubro mostraram essa dura realidade.

Os mais de mil professores do Município não entraram em consenso para votar no professor José Rosa (PT), atual presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Mato Grosso - SINTEP local. Obteve pífia votação.

O Sindicato dos Comerciários de Tangará da Serra e Região com milhares de filiados também não votou em Valdemar Manrich (PTB). Votação aquém do esperado.

E Magnivaldo Alves (PC do B), presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, foi praticamente ignorado pelos seus maiores amigos sindicalizados.

No Assentamento Antônio Conselheiro, apesar das mais de mil pessoas ali residentes não houve coesão e por isso não elegeram um representante.

Assim, também aconteceu com outros setores, incluindo-se ao da saúde.

Raposa Serra do Sol volta a pauta do STF ainda este ano

O julgamento sobre a homologação da terra indígena Raposa/Serra do Sol, em Roraima, volta a pauta ainda este ano segundo o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes. "Certamente vamos retomar o julgamento. Está previsto para final de novembro, início de dezembro", disse Mendes, em Brasília, no lançamento de projetos para beneficiar crianças e adolescentes do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), do qual também é presidente.

O julgamento sobre o destino da reserva foi interrompido no fim do mês de agosto, após o relator da ação, ministro Carlos Ayres Britto, votar pela total retirada de não-índios da região e pela manutenção da demarcação de forma contínua --sem qualquer interrupção na área delimitada.

Por conta do pedido de vista do ministro Carlos Alberto Direito, o julgamento foi adiado na época. (Com informações da Folha Online)

PT reúne prefeitos e vices eleitos em Mato Grosso

Dezoito prefeitos e 20 vice-prefeitos do PT, eleitos no pleito municipal 2009 de Mato Grosso, se reúnem hoje com o Diretório Estadual para dar início às articulações políticas para as gestões municipais que se iniciam no próximo ano. O encontro será realizado a partir das 8h30, na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Cuiabá.

Terra publicou: Chuva de granizo destrói telhados de casas em Tangará da Serra

Uma chuva de granizo atingiu a cidade de Tangará da Serra (MT) por cerca de 20 minutos na tarde de ontem e causou estragos nos telhados de mais de 20 residências, segundo o Corpo de Bombeiros do município.

De acordo com os Bombeiros, a corporação recebeu apenas quatro chamados de emergência, mas, quando o efetivo saiu às ruas para fazer um balanço da situação, pelo menos 20 casas foram encontradas com os telhados danificados.

Segundo moradores da cidade, as pedras de gelo chegaram a medir cerca de 3 cm de diâmetro.

Charge do Dia


Trabalho de Milton César, publicado nesta segunda (13) no Mídia Max

Ministério Público é parte legítima para propor cassação de “infiéis”, decide TSE

O plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) concluiu na sessão extraordinária deste sábado (11), com a volta do voto-vista do ministro presidente, Carlos Ayres Britto, o julgamento do recurso apresentado pela defesa do deputado estadual Walter Machado Rabello Junior (PP-MT), que pretendia suspender os efeitos da decisão que decretou a perda de seu mandato por infidelidade partidária sem justa causa. No recurso, o político também contestou a legitimidade do Ministério Público Eleitoral para propor este tipo de ação. Leia mais AQUI